Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Paulo Gala: O motor da economia brasileira quebrou

Paulo Gala
07/11/2017 - 13:45

Paulo Gala é doutor em economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-EESP) e economista da Fator Administração de Recursos.

Nossa recuperação de atividade é muito lenta: talvez em 3 anos consigamos retomar o patamar de produção de 2014. As importações, que despencaram US$ 100 bilhões de por ano desde o estouro da bolha, nesse patamar baixo continuarão.

Com isso, o superávit comercial seguirá na casa de US$ 50 bilhões  em 2017, 2018 e talvez 2019. Isso, somado às reservas na casa de US$ 375 bilhões e investimentos diretos de US$ 70 bilhões, nos dão tranquilidade externa.

A Selic virá a 7% e não provocará outra bolha como a que se viu em 2012 (é muito difícil inflar duas bolhas na sequência). Câmbio estável e recuperação lenta vão manter inflação na casa dos 4%. Com juros mais baixos, a trajetória da dívida pública melhora muito.

A sobra de dólares manterá nosso CDS abaixo dos 200 pontos. O FED subirá juros lentamente até 2% só, pois a economia americana segue fraca. Os preços de commodities estão “ok”, basta a China ser capaz de manter seu regime de câmbio quase fixo.

Balança comercial em 12 meses:

Leia mais sobre: ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 07/11/2017 - 13:45

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto