Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Percentual de mulheres empreendedoras e chefes de casa sobe para 45%

08/03/2019 - 9:00
(Pixabay)

O número de mulheres empreendedoras que se tornaram “chefes de domicílio” subiu de 38% para 45% nos últimos dois anos, segundo dados do relatório do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Como que para reafirmar as mudanças na estrutura familiar, a condição de cônjuge, situação da qual a principal renda da casa vem do marido, foi de 49% para 41%.

O trader que não teme o leão: acesso gratuito à melhor calculadora de IR da Bolsa

Apenas para investidores: melhores small caps reveladas

Já são 9,3 milhões de mulheres tomando as decisões dos negócios, 34% de todos os empreendedores do Brasil. De acordo com o Sebrae, elas empreendem porque sentem necessidade de ter outra fonte de renda ou querem adquirir a independência financeira.

As mulheres empreendedoras são mais jovens e possuem nível de escolaridade 16% maior do que o nível dos homens. O salário delas, no entanto, é 22% menor do que os empresários do sexo masculino, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, o rendimento mensal médio das mulher foi R$ 1.831 , enquanto homens ganharam, em média, R$ 2.344.

Outro desafio enfrentado pelas mulheres é o acesso ao crédito e às linhas de financiamento. O valor é R$ 13 mil a menos que a média liberada aos homens e elas ainda pagam taxas de juros 3,5 pontos percentuais acima do sexo masculino.

“O empreendedorismo representa uma importante alavanca para o empoderamento feminino, abrindo oportunidade para mulheres que viviam em situação de vulnerabilidade ou até de violência doméstica”, comenta João Henrique de Almeida Sousa, presidente do Sebrae. “Nosso trabalho agora é fortalecer ainda mais as habilidades comportamentais das empreendedoras para garantir confiança e reduzir as desigualdades”.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Diana Cheng - 07/03/2019 - 18:47