Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Pesquisa aponta que 48% dos brasileiros passaram a consumir mais suplementos alimentares na pandemia

11/05/2021 - 18:16
Comida Alimentos
Ainda assim, é importante controlar bem a quantidade de suplementos que se consome diariamente e não exagerar (Imagem: Pixabay)

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD) aponta que 48% dos brasileiros que já tinham o hábito de consumir suplementos alimentares aumentaram a dose ao longo da pandemia.

Dos entrevistados, 47% afirmaram ter mantido a quantidade costumeira e 5% diminuíram. Ainda segundo dados da ABIAD, os suplementos estão presentes em 54% dos lares brasileiros.

Dos que aumentaram o consumo, 63% afirmaram que o motivo foi para fortalecer o sistema imunológico e 9% foram mais específicos ao apontar o medo do Covid-19 como principal razão. Os três tipos de suplementos alimentares mais procurados foram multivitamínicos, vitamina C e vitamina D.

Indo além da prevenção e do medo de contrair a doença, este também é um reflexo de como a pandemia afetou as vidas daqueles que possuem hábitos mais saudáveis.

Com o distanciamento social e o fechamento das academias, que nos primeiros meses de isolamento tiveram queda de 77% no faturamento, as pessoas precisaram reinventar sua rotina e encontrar outras formas de manter os cuidados com a saúde em dia.

Uma rotina fitness não envolve apenas atividades físicas ou uma dieta balanceada, mas, sim, as duas coisas andando lado a lado.

O aumento do consumo de suplementos alimentares também está ligado com a popularização do exercício em casa – a saída que muitos adotaram como uma forma de “substituir” as academias. Cada atleta prioriza um tipo de suplementação, podendo variar entre suplementos para musculação e outras variações, dependendo do seu objetivo e dos exercícios praticados.

O estudo ainda aponta que 70% dos que aumentaram o consumo pretendem manter o hábito mesmo após o fim da pandemia. Isso é algo positivo, considerando que a maioria dos brasileiros não ingere o mínimo de 400 gramas de frutas por dia, como é sugerido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ainda assim, é importante controlar bem a quantidade de suplementos que se consome diariamente e não exagerar.

Não existe nenhuma comprovação científica de que eles realmente podem proteger contra a Covid-19, mas já está mais que comprovado que todas essas vitaminas são muito importantes para a manutenção do sistema imunológico.

O mais recomendado é sempre consultar um médico especializado antes de aumentar a dose, recebendo uma orientação adequada sobre como consumir, sem se prejudicar. Quando aplicados em nossa rotina de forma correta, esse reforço de vitaminas traz inúmeros benefícios à nossa saúde!

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Renan Dantas - 11/05/2021 - 18:16

Pela Web