Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Pesquisa: 57,5% aprovam Bolsonaro e 52% são contra flexibilização da posse de armas; veja íntegra

26/02/2019 - 11:45
Valter Campanato/Agência Brasil

Cerca de 57,5% dos brasileiros aprovam o desempenho pessoal do presidente da República, Jair Bolsonaro, 28,2% desaprovam e 14,3% não souberam opinar, mostra a 143ª Pesquisa CNT/MDA. O levantamento traz avaliações de diversas áreas do governo. (Veja a íntegra da pesquisa no final da notícia)

[Vídeo] Acompanhe os vídeos e veja como um trader está conduzindo investidores comuns a um patrimônio de R$ 5 Milhões.

Os resultados mostram avaliação positiva com o maior índice obtido por um presidente desde novembro/2013. Há ainda a percepção de que seu governo está sendo melhor do que de seus antecessores.

Na comparação do governo de Dilma Rousseff e de Jair Bolsonaro, 55,9% acham que o governo Jair Bolsonaro está sendo melhor. 19,4% avaliam que está pior e 14,5% consideram que está sendo igual.

Ao serem questionados se Bolsonaro reúne as condições para unificar os brasileiros, 40,5% responderam que sim, que a atuação dele vai contribuir para reduzir a separação política entre as pessoas. Já 21,6% afirmam que vai acirrar a separação política e 18,1% avaliam que não vai alterar.
A pesquisa CNT/MDA ouviu 2.002 pessoas, no período de 21 a 23/02, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões do país.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Veja os resultados:

Sobre as expectativas de melhoria para os próximos 6 meses, a maioria brasileiros estão otimistas: segurança (53,3%), emprego (51,3%), educação (47,2%), saúde (41,7%) e renda mensal (33,8%). Na série histórica, esse é o melhor cenário dos últimos anos.

Sobre os novos ministros e os ministérios, 44,2% os consideram ótimos ou bons. Já 30,6% acham que são regulares e 13,9%, ruins ou péssimos.

Para 57,6%, o governo mudará para melhor a vida dos brasileiros. 27,5% acham que não mudará e 8,1% consideram que mudará para pior. Entre aqueles que consideram que a mudança será para melhor, 34,8% acreditam que isso ocorrerá em dois anos.

Segurança

Sobre o pacote anticrime proposto pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro, 62% aprovam. Já acerca do projeto que flexibiliza o posse de armas, 52,6% desaprovam.

Veja a íntegra da pesquisa:

Última atualização por Gustavo Kahil - 26/02/2019 - 12:12