Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Petrobras: com bons números, só preço do petróleo impede ação de decolar

21/10/2020 - 9:50
Plataforma da Petrobras
De bem com o mercado: Petrobras confirma boa fase com prévia do terceiro trimestre (Imagem: Divulgação/ Petrobras)

A julgar pelos primeiros relatórios desta quarta-feira (21), os analistas gostaram da prévia operacional divulgada pela Petrobras (PETR3; PETR4) na noite de ontem.

A impressão geral é de que os números mostram que a estatal está no caminho certo, ao se concentrar na produção do pré-sal. Agora, só uma coisa ameaça as ações: a cotação do petróleo.

A avaliação é de Conrado Vegner, Victor Chen e Daniel Travitzky, que assinam o relatório do Banco Safra sobre a Petrobras.

“Mantemos nossa recomendação de outperform (desempenho esperado acima da média de mercado), pois acreditamos que o contínuo foco nas operações dos campos do pré-sal, que seguem mostrando um bom desempenho, beneficiará os resultados e o valuation”, afirmam os analistas.

Assombração

“No curto prazo, contudo, a persistência das cotações do petróleo abaixo de US$ 40 pode limitar o desempenho dos preços das ações”, completam.

Trata-se, sem dúvida, de uma preocupação legítima, já que o Banco Safra enxerga um forte potencial de alta para os papéis. Aproveitando a prévia operacional, a instituição apresentou os preços-alvos para 2021 para as ações ordinárias (PETR3) e preferenciais (PETR4) da companhia.

Para PETR3, o preço-alvo é de R$ 29,70, o que indica uma alta potencial de 47% sobre a cotação usada como referência pelo Safra. Para PETR4, o valor é de R$ 28,50, com possível upside de 21%. Para ambas, a recomendação é outperform.

Veja a prévia operacional divulgada pela Petrobras ontem (20).

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 21/10/2020 - 9:50