Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petrobras exerce direito em Sépia, leva Atapu com TotalEnergies e Shell

17/12/2021 - 12:45
Petrobras, petróleo
Além da Petrobras, a francesa TotalEnergies está presente nos dois consórcios, consolidando ainda mais sua participação no pré-sal brasileiro (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A Petrobras (PETR3PETR4) obteve a operação em consórcio dos dois blocos ofertados em leilão dos excedentes da cessão onerosa nesta sexta-feira, após ter recorrido ao seu direito de preferência garantido por lei para integrar grupo que venceu a disputa pelo maior ativo: Sépia.

Com a negociação de Sépia e Atapu, o governo irá arrecadar em bônus de assinatura de 11,138 bilhões de reais, além dos percentuais do chamado óleo lucro que tiveram ágios expressivos e definiram os vencedores.

Além da Petrobras, a francesa TotalEnergies está presente nos dois consórcios, consolidando ainda mais sua participação no pré-sal brasileiro.

O consórcio integrado por TotalEnergies, Petronas e Qatar Petróleo arrematou o bloco Sépia, com oferta de óleo lucro de 37,43%, ante percentual mínimo de 15,02%, batendo oferta da Petrobras, de 30,30%.

Após o anúncio da proposta vencedora, a Petrobras exerceu seu direito de atuar como operadora, com 30% de participação no consórcio vencedor. Com isso, a TotalEnergies terá 28%, Petronas 21% e Qatar 21%.

Ao arrematar o bloco de Sépia, o consórcio pagará um bônus de assinatura 7,138 bilhões de reais à União.

Para Atapu, por sua vez, o consórcio integrado por Petrobras como operadora e 52,5% de participação, em parceria com Shell (25%) e TotalEnergies (22,5%), fez a única oferta e arrematou o ativo, com oferta de óleo lucro de 31,68%, ante percentual mínimo de 5,89%.

Ao arrematar o bloco, o consórcio pagará um bônus de assinatura 4 bilhões de reais à União.

Última atualização por Rafael Borges - 17/12/2021 - 12:46

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto