Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petróleo fecha estável com problemas na Líbia compensando riscos na demanda

22/04/2021 - 17:18
Petróleo
Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 0,08 dólar, ou 0,1%, a 65,40 dólares por barril (Imagem: Pixabay)

Os preços do petróleo terminaram esta quinta-feira praticamente estáveis, à medida que preocupações com uma produção menor da commodity na Líbia compensaram expectativas de que o aumento no número de casos de coronavírus na Índia e no Japão possa prejudicar a demanda por energia.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 0,08 dólar, ou 0,1%, a 65,40 dólares por barril, enquanto o petróleo dos Estados Unidos (WTI) também avançou 0,08 dólar, ou 0,1%, para 61,43 dólares o barril.

A Líbia informou que sua produção de petróleo recuou para cerca de 1 milhão de barris por dia nos últimos dias, podendo cair ainda mais, em função de problemas orçamentários.

“O mercado percebeu que uma retomada global na demanda por petróleo não pode acontecer sem uma recuperação nas maiores economias do mundo”, disse Bjornar Tonhaugen, chefe de mercados de petróleo da Rystad Energy, destacando que “a Índia está se afundando cada vez mais em uma grande crise, com as infecções batendo novos recordes todos os dia.”

Sinqia (SQIA3) salta 75% no 1º trimestre e só prova o potencial das Microcaps brasileiras: saiba como investir nelas

A Índia, terceira maior consumidora global de petróleo, reportou nesta quinta-feira a maior contagem diária de novos casos de coronavírus no mundo até este momento, com 314.835 novas infecções.

Enquanto isso, o Japão –quarto maior importador de petróleo– deve anunciar uma terceira onda de lockdowns, que afetará Tóquio e três cidades do oeste do país, segundo relatos da imprensa.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 22/04/2021 - 17:18

Pela Web