Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petróleo sobe com a força da China e aperto da oferta da Opep

01/04/2019 - 13:21
Notícias positivas deram um novo impulso aos preços do petróleo

Por Investing.com

Os preços do petróleo sobem nesta segunda-feira (1) após fortes dados econômicos chineses e sinais de redução na oferta. Os contratos futuros de petróleo bruto WTI, negociados em Nova York avançavam 1,63%, a US$ 61,12 o barril às 13h15. Enquanto isso, o petróleo Brent, referência para os preços do petróleo fora dos EUA, tinha alta de1,52%, para US$ 68,61.

Depois de três meses seguidos de contração, a atividade industrial na China expandiu-se mais que o esperado em março, diminuindo a preocupação com a desaceleração da segunda maior economia do mundo. O índice de gerentes de compras da China, o Caixin, subiu de 49,9 para 50,8, acima da marca de 50 que separa expansão de contração e seu nível mais forte desde agosto do ano passado.

A oferta de petróleo da Opep caiu para o menor nível em quatro anos em março, segundo uma pesquisa da Reuters divulgada na segunda-feira. Arábia Saudita liderou o compromisso do cartel de cortar em produção, enquanto as sanções americanas e falta de energia diminuíram a produção venezuelana.

As notícias positivas deram um novo impulso aos preços do petróleo, estendendo o bom momento no primeiro trimestre que viu o barril do petróleo do West Texas Intermediate saltar mais de 30%.

Cortes de produção da OPEP e seus aliados em 2019, junto com as sanções dos EUA contra o Irã e a Venezuela sustentaram os preços neste ano, mas uma desaceleração no crescimento global limitou o crescimento, já que os investidores se preocupam com o impacto negativo na demanda por petróleo.

Os dados econômicos chineses também foram acompanhados por medidas positivas na atual situação das negociações comerciais sino-americanas Pequim disse no fim de semana que o país manterá sua suspensão de tarifas adicionais aos. veículos e autopeças americanos após 1º de abril, combinando com um decisão de adiar os aumentos de tarifas sobre as importações chinesas, já que ambos os lados tentam chegar a um acordo.

Após as reuniões em Pequim, o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, estará em Washington esta semana para continuar as negociações comerciais de alto escalão.

Em outros negócios de energia, contratos futuros de gasolina subiam 0,41% para US$ 1,8903 por galão às 13h15, enquanto óleo de aquecimento avançava 0,35% para US$ 1,9783 por galão.

Por fim, oscontratos futuros de gás natural avançavam 2,10%, para US$ 2,718 por milhão de unidades térmicas britânicas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por - 01/04/2019 - 14:24

Cotações Crypto
Pela Web