Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Petróleo WTI abaixo de US$ 45

24/12/2018 - 13:06

Investing.com – A cotação do petróleo caia pela terceira sessão consecutiva, com a referência norte-americana atingindo o nível mais baixo desde julho de 2017, os negociantes continuam se preocupando com a oferta global de petróleo bruto e com as perspectivas de demanda de energia.

petróleo bruto West Texas Intermediaterecuava US$ 0,75, ou cerca de 1,6%, para US$ 44,84 o barril na Bolsa Mercantil de Nova York (NYMEX, na sigla em inglês) às 12h25. O WTI caiu para uma baixa de 17 meses de US $ 44,67.

A referência estadunidense teve perdas em torno de 11% na semana passada, sua maior queda semanal mais acentuada desde a janeiro de 2016.

O comércio de petróleo em Nova York será encerrado às 16h30 (horário de brasília), em virtude da véspera de Natal. Os mercados globais permanecerão fechados na terça-feira devido ao feriado.

Enquanto isso, a referência global, Brent crude com vencimento em março na bolsa ICE (NYSE:ICE), caía US$ 0,35, ou cerca de 0,6%, com o barril sendo negociado a US $ 53,75.

Caiu cerca de 10,7% na semana passada.

O petróleo bruto perdia mais de um quarto do seu valor desde o início de outubro, no que se tornou uma das maiores quedas desde o colapso dos preços em 2014, com o aumento da oferta e o fantasma da demanda oscilante preocupando os investidores.

Com apenas cerca de uma semana até o final de 2018, o WTI permanece em queda de cerca de 25% este ano, enquanto o Brent caiu cerca de 20% no ano.

A OPEP, liderada pela Arábia Saudita e seus aliados não-membros liderados pela Rússia, concordaram no início de dezembro em cortar a produção em 1,2 milhão de barris por dia durante os primeiros seis meses de 2019, em um esforço para evitar um excesso global de suprimentos.

Caso isso não consiga equilibrar o mercado, a Opep e seus aliados realizarão uma reunião extraordinária, disse o ministro da Energia dos Emirados Árabes Unidos no domingo.

Em outras negociações de energia, contratos futuros de gasolina avançavam 0,3%, para US$ 1,314 o galão, ao passo que o óleo de aquecimento tinha ganhos de 0,2% e era negociado a US$ 1,736 o galão.

Contratos futuros de gás natural recuavam 6%, para US$ 3,522 por milhão de unidades térmicas britânicas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: ,

Última atualização por Gustavo Kahil - 24/12/2018 - 13:06

Cotações Crypto
Pela Web