Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

PetroRecôncavo avalia IPO diante de onda de negócios em óleo e gás

08/12/2020 - 9:22
A PetroRecôncavo não respondeu de imediato a um pedido de comentários. O Lazard recusou-se a comentar (Imagem: Site/PetroRecôncavo)

A petroleira brasileira PetroRecôncavo, com campos em terra, está explorando a possibilidade de uma oferta inicial de ações (IPO na sigla em inglês), disseram três fontes, em um movimento que ilustra a sede de empresas por recursos em meio a uma onda de vendas de ativos na indústria de óleo e gás do Brasil.

A empresa, com sede em Salvador, tem trabalhado sob apoio da consultoria financeira Lazard sobre a potencial listagem na bolsa paulista, que seria apenas o segundo IPO do setor de petróleo no Brasil desde 2011, segundo as fontes, que falaram sob a condição de anonimato.

Uma das fontes destacou que uma decisão sobre a transação não é iminente e que a empresa pode simplesmente buscar financiamentos bancários para eventuais necessidades de capital enquanto busca potenciais aquisições.

A PetroRecôncavo não respondeu de imediato a um pedido de comentários. O Lazard recusou-se a comentar.

A indústria de petróleo do Brasil tem sido dominada pela estatal Petrobras (PETR4) desde o início, mas a companhia tem agora colocado à venda centenas de ativos, incluindo campos maduros, em uma tentativa de reduzir seu pesado endividamento e aumentar o foco na exploração de petróleo em águas profundas.

Em resposta a esse movimento, uma nova onda de pequenas petroleiras tem surgido ou expandido seus portfólios no país por meio de aquisições.

A PetroRecôncavo, fundada nos anos 1990, comprou um conjunto de campos terrestres da Petrobras no ano passado por 384 milhões de dólares.

Ela está agora avaliando dezenas de campos em terra e águas rasas sendo colocados à venda pela Petrobras, segundo uma fonte próxima do assunto.

Desde junho, a Petrobras colocou diversos ativos como esses à venda no Nordeste, região de atuação da PetroRecôncavo.

A produção combinada desses ativos supera 50 mil barris por dia, segundo documentos dos processos de desinvestimento.

A PetroRecôncavo, cujos acionista incluem PetroSantander e a gestora de recursos brasileira Opportunity, é responsável por uma produção de cerca de 11 mil barris de óleo equivalente por dia, de acordo com informações de seu site. A empresa se descreve como “principal operador independente com foco em ativos em terra maduros no Brasil”.

Em novembro, uma empresa pequena e recentemente formada, a 3R Petroleum, abriu o capital no primeiro IPO do setor de petróleo no Brasil em quase uma década.

Se a PetroRecôncavo decidir ir adiante com um IPO, seria provavelmente uma das maiores petroleiras listadas do Brasil– atualmente, a produção da empresa fica atrás apenas de Petrobras, PetroRio, focada em ativos offshore, e Enauta.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 08/12/2020 - 9:26