Política

Picanha, salgadinho e sorvete: Veja com o que as Forças Armadas gastaram o dinheiro da Covid-19

04 abr 2023, 14:58 - atualizado em 04 abr 2023, 14:58
TCU, Forças Armadas
Auditoria do TCU mostra que Forças Armadas gastaram recursos da pandemia de Covid-19 de forma irregular (Imagem: flickr/TCU)

Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) revelou que as Forças Armadas gastaram recursos destinados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 com salgadinhos, sorvete e picanha. Segundo o Tribunal, R$ 703,4 mil foram gastos de forma irregular.

Segundo o documento, os recursos foram enviados ao Ministério da Saúde e ao Ministério da Defesa com o objetivo de serem usados no combate à Covid-19, como, por exemplo, na compra de suprimentos para as tropas que desempenhavam ações para conter a crise sanitária entre 2020 e 2021.

No entanto, o procedimento de fiscalização do TCU constatou que R$ 256 mil foram gastos com salgadinhos diversos típicos de coquetel, sorvetes e refrigerantes.

  • Entre para o Telegram do Money Times!
    Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo. Clique aqui e faça parte!

“Em razão de seu baixo valor nutritivo e sua finalidade habitual, muito provavelmente não teriam sido utilizadas para o reforço alimentar da tropa empregada na Operação Covid-19”, aponta o documento sobre a despesa.

Além disso, a auditoria identificou também que R$ 447,4 mil foram utilizados por somente duas organizações militares para comprar 12 toneladas de carnes bovinas de corte nobre, como filé mignon e picanha. O valor corresponde a 21,7% do total gasto pelo Exército na compra de carne em geral.

Ao portal G1, o Exército afirmou que “os recursos enviados pelo Ministério da Saúde foram destinados ao ressarcimento dos gastos efetuados antecipadamente na logística de apoio ao combate da Covid-19, portanto necessários à reposição dos estoques, bem como para a manutenção da vida vegetativa das unidades militares”.

Confira o relatório do TCU sobre gastos das Forças Armadas na íntegra:

Repórter
Jornalista formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), com extensão em jornalismo econômico pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Colaborou com Estadão, Band TV, Agência Mural, entre outros.
Twitter Linkedin
Jornalista formado pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), com extensão em jornalismo econômico pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Colaborou com Estadão, Band TV, Agência Mural, entre outros.
Twitter Linkedin