Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Pix Garantido pode vir a ser cartão de crédito do futuro

09/04/2021 - 16:52
Cartão de Crédito Cartão Cartões
Além de ser fácil de usar, o Pix é ainda mais atrativo por ser gratuito, instantâneo e funcionar 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados (Imagem: Unsplash/@claybanks)

Lançado em novembro de 2020, o Pix não demorou a se tornar uma das formas de pagamento mais utilizadas do Brasil.

Com mais de 73 milhões de usuários e cerca de 375 milhões de transações realizadas, a tecnologia trouxe muita praticidade para a vida dos brasileiros e ainda levantou alguns questionamentos a respeito dos métodos de pagamento mais tradicionais, como os cartões de crédito, boletos e carnês.

Além de ser fácil de usar, o Pix é ainda mais atrativo por ser gratuito, instantâneo e funcionar 24 horas por dia, incluindo finais de semana e feriados.

Após a alta taxa de adesão pelo público, a boa notícia é que o Banco Central não planeja parar as novidades por aí e já está cogitando aumentar o catálogo de vantagens.

Dentre elas, uma das mais aguardadas é a implementação de parcelamento para compras, que recebeu o nome de Pix Garantido, e está prevista para o primeiro semestre de 2022.

O recurso de parcelamento não só é muito bem-vindo como também pode ser uma ferramenta revolucionária por suas inúmeras facilidades, além de gerar uma concorrência com as operadoras de cartões de crédito e abrir margem para melhores taxas e condições para o consumidor.

Desta forma, até mesmo os cartões de crédito sem anuidade podem ser afetados, assim como as demais formas de pagamento, que, pouco a pouco, estão sendo substituídas pelo Pix.

PIX Pagamentos
(Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Por ser uma ferramenta de pagamento à vista, surge uma dúvida: afinal, como funcionará o novo recurso? O Pix Garantido irá operar de forma semelhante ao processo que ocorre com o cartão de crédito.

Se o consumidor não tiver o valor necessário em sua conta no dia do pagamento, um intermediador, como, por exemplo, uma fintech, banco ou instituição financeira, arca com os custos e riscos, garantindo o recebimento do dinheiro para o destinatário; quando o comprador tiver o valor, o pagamento vai para o intermediador.

A vantagem é que, diferente dos cartões, não há um limite. Desta forma, a função pode ser uma excelente alternativa para parcelar compras de produtos mais caros que podem variar de eletroeletrônicos e eletrodomésticos, como uma geladeira frost free até passagens aéreas. As possibilidades são inúmeras, basta se planejar bem para arcar com a dívida e fazer bom uso dos recursos do Pix.

No entanto, isso não quer dizer que só teremos novidades no ano que vem.

Vários recursos serão implementados ao serviço ainda em 2021, incluindo movimentações na conta-salário, integração em aplicativos para encontrar chaves Pix na sua lista de contatos do smartphone, mecanismo de devolução (em casos de fraudes ou falhas operacionais), saques de dinheiro em estabelecimentos comerciais e até mesmo pagamentos por aproximação.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovana Leal - 07/05/2021 - 12:32

Pela Web