Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Plenário volta a analisar destaques à proposta de reforma da Previdência

12/07/2019 - 13:09
Um requerimento do PT, que pede a retirada de pauta da proposta, acabou de ser negado (Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Plenário retomou a votação de destaques que podem alterar o texto-base da reforma da Previdência (PEC 6/19), que foi aprovado em primeiro turno na quarta-feira (10). O quórum mínimo para deliberação de propostas de emenda à Constituição é de 308 deputados.

Um requerimento do PT, que pede a retirada de pauta da proposta, acabou de ser negado.

Pedágio

O assunto votado entre os deputados neste momento diz respeito ao pedágio e visa alterar o texto-base para diminuir de 100% para 50% o pedágio de uma das regras de transição, válida para os segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e do regime próprio dos servidores públicos. Na prática, o pedágio é aplicado sobre o tempo de contribuição que falta para atingir o mínimo exigido para se aposentar. A modificação foi sugerida pelo PDT

Alterações

Até a madrugada desta sexta-feira (11), foram analisados 11 destaques ao substitutivo adotado pela comissão especial que analisou a PEC 6/19.

Duas emendas e um destaque já aprovados alteram o texto-base para definir novas regras de transição para policiais e para o cálculo de aposentadoria de mulheres pelo RGPS, além de um tempo de contribuição menor para homens na aposentadoria por idade.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Bruno Andrade - 12/07/2019 - 13:11