Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Polícia sul-coreana acusa presidente da corretora cripto Bithumb por fraude

18/09/2020 - 8:21
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Bithumb se apresenta como a principal plataforma de criptoativos na Coreia do Sul, mas a polícia alega que o presidente da corretora cometeu fraude (Imagem: Twitter/Bithumb)

A Polícia Metropolitana de Seoul intimou Lee Jung Hoon, presidente da corretora sul-coreana Bithumb, por possível fraude.

Nesta sexta-feira (18), a agência de notícias local Yonhap noticiou que Lee, 44, está sob investigação policial.

Lee é acusado pela pré-venda de BXA, tokens nativos da BIthumb, equivalentes a 30 bilhões de won (US$ 25 milhões) para investidores e, em seguida, não listar o token, o que, alegadamente, resultou em perdas de investidores.

Bithumb havia emitido tokens BXA para sua aquisição pelo cingapurense BK Group, mas esse acordo não se materializou. Lee também é acusado de evasão fiscal no exterior.

Kim Byung-Gun, 57, presidente do BK Group, também é acusado de fraude, mas ele não está sob investigação.

A intimação veio após duas invasões policiais à Bithumb nas últimas semanas. Nessa quarta-feira (16), o Tribunal Distrital do Centro de Seoul também confiscou as ações de Kim na Bithumb. A grande empresa de contabilidade KPMG Samjong foi responsável pelo confisco.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 18/09/2020 - 8:21