Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Por que Bolsonaro já está com um pé no 2º turno

10/09/2018 - 9:15

Mesmo sem considerar o efeito criado pelo atentado na última quinta-feira (6), o candidato Jair Bolsonaro (PSL) já está com um pé no segundo turno. Esta conclusão pode ser tirada após a análise das intenções de votos espontâneas, ou seja, quando o respondente das pesquisas eleitorais não recebe uma lista de possíveis candidatos.

“Logo, o entrevistado responde em quem tende a votar sem saber a lista de candidatos possíveis.  Se a pesquisa espontânea pode ser vista como o “piso” de votos, este “piso” é relativamente elevado para Lula e Bolsonaro e baixo para Marina, Ciro e Alckmin”, destaca o Itaú em uma análise política publicada na semana passada.

O banco analisou o histórico de pesquisas espontâneas de intenção de voto como o objetivo de monitorar se o “piso” de votos pode se alterar ao longo da campanha.  De um mês antes do primeiro turno até o primeiro turno, há apenas dois casos, desde 1989, em que houve queda nas intenções de voto em pesquisa espontânea: Ciro Gomes (2002) e Marina Silva (2014).

“Em 80% dos casos, as intenções de voto em pesquisa espontânea sobem ao longo da reta final da eleição. Quando a base de comparação é de nove meses antes do primeiro turno, as intenções de voto cresceram em 100% dos casos”, aponta o banco.

A última pesquisa do Ibope, divulgada no dia 5 e realizada entre os dias 1 e 3 de setembro, revela que no questionário espontâneo Bolsonaro (PSL) cresceu de 15% a 17%, enquanto Lula (PT) despencou de 28% para 22%. Ciro Gomes teve 4%, Geraldo Alckmin (3%) e Marina Silva (3%). Ou seja, Bolsonaro já pode estar com um pé no segundo turno.

A primeira pesquisa de intenções de votos realizada após o atentado contra Jair Bolsonaro na última quinta-feira (6) revela um expressivo crescimento do candidato do PSL, mostra o levantamento feito pelo BTG Pactual em conjunto com a FSB Pesquisa. Na intenção de voto espontânea, o deputado federal saltou de 21% para 26%, enquanto Lula despencou de 21% para 12% em relação ao último levantamento feito entre 1º e 2 de setembro. Ciro Gomes fica em terceiro (de 4% para 7%).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 10/09/2018 - 9:12

Cotações Crypto
Pela Web