Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Nova Futura: Crescimento do PSL deve sustentar ambiente positivo

08/10/2018 - 9:02

Por Nova Futura

Os mercados locais, que tinham esperança em uma vitória de Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno, se ajustam à realidade de um segundo turno com Fernando Haddad (PT), mas a grande vantagem do candidato de direita em relação ao petista e o crescimento do PSL no Congresso devem sustentar um ambiente positivo num primeiro momento.

Nesta manhã, os índices referenciados em papéis brasileiros (ETFs) disparavam mais de 6% nas bolsas europeias. Mas um ajuste depois não está descartado, diante da perspectiva de uma disputa acirrada e agressiva, e após os mercados locais terem fechado eufóricos na sexta-feira, esperando um desfecho em primeiro turno.

Na semana passada, o dólar caiu 4,81% ante o real e a Bovespa subiu 3,75% em meio ao fortalecimento de Bolsonaro nas pesquisas. No final da etapa eleitoral de ontem, Bolsonaro teve 46,4% dos votos, vencendo em 16 Estados e no Distrito Federal, e Haddad, 28,9%, com grande vantagem no Nordeste.

Bolsonaro já tem o apoio das bancadas da bala, evangélica e ruralista no Congresso. Aliás, o candidato também conseguiu ampliar de forma significativa a bancada da bala, com a eleição de dezenas de deputados que carregam em seus nomes políticos suas patentes militares. O candidato ao governo do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB), também declarou seu apoio ao candidato do PSL. Geraldo Alckmin (PSDB), por sua vez, disse que a executiva do partido se reunirá na terça-feira para definir a posição para o segundo turno.

Já Ciro Gomes (PDT), que ficou em terceiro lugar no primeiro turno, e Guilherme Boulos (PSOl) indicaram estar ao lado de Haddad no segundo turno. O PT e o PSL terão as duas maiores bancadas na Câmara, com 57 e 51 vagas, respectivamente. Saíram enfraquecidos o MDB, que historicamente era uma das maiores forças no Congresso e elegeu 22 deputados a menos neste ano e ficará com 33 cadeiras. O PSDB também sai enfraquecido, com 29 deputados federais eleitos, ante 54 cadeiras conquistadas em 2014.

Os olhares do mercado estarão também nas equipes econômicas dos dois candidatos e no que pretendem fazer para sanear as finanças e colocar o País na rota de crescimento. Os dois candidatos sinalizaram, por exemplo, que levarão adiante propostas de reforma da Previdência. Em discurso ontem nas redes sociais, Bolsonaro pregou a união e fez acenos a eleitores LGBTs, mulheres e ao Nordeste, única região do País em que não venceu.

No exterior, o clima é de cautela nesta segunda-feira, com dólar em alta e bolsas em baixa em meio às preocupações com a situação fiscal da Itália. Esta semana a agenda é mais fraca, com o destaque para o início da temporada de balanços nos Estados Unidos e o feriado nacional no Brasil, ambos na sexta-feira.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre:

Última atualização por Gustavo Kahil - 08/10/2018 - 9:03

Cotações Crypto
Pela Web