Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Preço de imóveis comerciais mostra leve alta de 0,11% em janeiro, diz Índice FipeZap

20/02/2020 - 15:03
Variação é inferior à IPCA e a IGP-M no mesmo período (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

O preço médio de venda de imóveis comerciais apresentou leve alta de 0,11% em janeiro de 2020 diante de dezembro, de acordo com o índice FipeZap divulgado nesta quinta-feira (20).

Comparativamente, essas variações foram superadas tanto pelo IPCA, que registrou avanço de 0,21%, quanto pelo IGP-M, com alta de 0,48%.

Entre as capitais monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial, destacaram-se as altas no preço médio de venda em: Brasília (+2,55%), Salvador (+1,60%) e São Paulo (+0,13%).

Doze meses

Nos últimos doze meses, o preço médio de venda de imóveis comerciais acumulou queda de 2,36% em termos nominais.

Já o preço médio de locação comercial ficou próximo à estabilidade, subindo 0,02%.

Para fins comparativos, a inflação acumulada nos últimos doze meses nos índices IPCA e IGP-M, de 4,19% e 7,81% – respectivamente.

Pormenorização

A queda no preço médio de venda de imóveis comerciais ocorreu em quase todas as cidades monitoradas (à exceção de Brasília), como Curitiba (-7,45%), Porto Alegre (-5,49%) e Rio de Janeiro (-2,78%).

Em relação ao preço de locação, ocorreu alta nominal em quatro das dez cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial: Campinas (+5,28%), Curitiba (+4,19%), Florianópolis (+2,39%) e São Paulo (+2,23%).

Entre as 10 capitais monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial, Rio de Janeiro se destacou no mês com o maior valor médio para venda de salas e conjuntos comerciais de até 200m² (R$ 9.608/m2), enquanto São Paulo apresentou o preço médio mais elevado para o aluguel mensal do mesmo segmento (R$ 43,32/m2).

Veja o estudo completo da FipeZap:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 20/02/2020 - 15:03