Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Presidenciável indígena do Equador quer impedir mineração e ampliar prazos de dívida

21/01/2021 - 18:04
Tundayme, Equador
A ideia é levar a consulta popular para que sejam os equatorianos a dar seu consentimento ou não à mineração de metais em fontes de água (Imagem: REUTERS/Daniel Tapia)

O dirigente indígena equatoriano Yaku Pérez busca conquistar a Presidência do país andino propondo uma consulta popular para impedir a mineração de metais em seu afã de proteger as fontes de água e substituir estas rendas em potencial com o desenvolvimento da agricultura e do turismo.

Se for eleito em 7 de fevereiro, Pérez também tentará fazer com que o Fundo Monetário Internacional (FMI) e outras entidades multilaterais aceitem prorrogar os prazos para pagar o serviço da dívida até a economia do Equador se recuperar dos efeitos da pandemia de coronavírus.

“Não queremos que as marcas que a mineração deixou, marcas indeléveis, se repitam no Equador, e por isso (desenvolvemos) nossa proposta de que o Equador seja declarado território livre de mineração”, disse Pérez em uma entrevista concedida à Reuters na noite de quarta-feira. “A alternativa não é a mineração.”

“A ideia é levar a consulta popular para que sejam os equatorianos a dar seu consentimento ou não à mineração de metais em fontes de água, em zonas sensíveis”, acrescentou o dirigente indígena, um advogado de 51 anos.

O Equador está impulsionando o desenvolvimento de projetos de mineração, cujas exportações proporcionaram receitas de 810 milhões de dólares entre janeiro e novembro de 2020, segundo dados oficiais.

Na pesquisa mais recente da empresa Market, Pérez aparece como terceiro entre os 16 candidatos à Presidência do país, atrás do jovem economista Andrés Arauz e do banqueiro Guillermo Lasso, mas seu apoio político será essencial em um eventual segundo turno, de acordo com analistas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 21/01/2021 - 18:04