Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Principal partido da Tunísia reúne multidão de apoiadores com crescente apoio ao governo

27/02/2021 - 12:37
Em uma das maiores manifestações desde a revolução da Tunísia de 2011, dezenas de milhares de apoiadores do Ennahda marcharam pelo centro de Túnis gritando “O povo quer proteger as instituições” (Imagem: Pixabay)

O maior partido político da Tunísia reuniu uma imensa multidão de apoiadores na capital do país neste sábado, em uma demonstração de força que pode alimentar uma disputa entre o presidente e o primeiro-ministro.

Em uma das maiores manifestações desde a revolução da Tunísia de 2011, dezenas de milhares de apoiadores do Ennahda marcharam pelo centro de Túnis gritando “O povo quer proteger as instituições!” e “O povo quer a unidade nacional!”.

A disputa se desenrolou em um cenário sombrio de ansiedade econômica, desilusão com a democracia e demandas concorrentes por reformas por parte de credores estrangeiros e do UGTT, o poderoso e principal sindicato trabalhista, enquanto o pagamento de dívida se aproxima.

O Ennahda, um partido islâmico moderado liderado pelo presidente do Parlamento, Rached Ghannouchi, apoiou o primeiro-ministro Hichem Mechichi em um impasse com o presidente Kais Saied sobre uma remodelação do gabinete.

Banido antes da revolução, o partido é membro da maioria das coalizões governamentais desde então e, embora sua participação nos votos tenha caído nos últimos anos, ainda detém a maioria dos assentos no Parlamento.

“Nacionalistas, islamistas, democratas e comunistas”, disse Ghannouchi à multidão, “estávamos reunidos durante a ditadura… e devemos nos unir novamente.”

A eleição mais recente, em 2019, resultou em um Parlamento fragmentado, ao mesmo tempo que impulsionou Saied, um independente, à presidência do país.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , ,

Última atualização por Rafael Borges - 27/02/2021 - 12:37