Produção de açúcar da Índia cresce 19% de outubro a março e exportação ganha força

01/04/2021 - 9:03
Açúcar Commodities
Mais da metade das usinas de açúcar encerraram operações ao final de maço, disse a Associação de Usinas de Açúcar Indianas (Isma) em comunicado (Imagem: Reuters/Juan Carlos Ulate)

Usinas de açúcar da Índia elevaram sua produção em cerca de 20% na comparação anual, para 27,76 milhões de toneladas nos primeiros seis meses do ao comercial 2020/21, com a produção saltando no Estado de Maharashtra, disse uma associação do setor nesta quinta-feira.

O país é o segundo maior produtor global de açúcar e a maior oferta pode pesar sobre os preços globais.

Mais da metade das usinas de açúcar encerraram operações ao final de maço, disse a Associação de Usinas de Açúcar Indianas (Isma) em comunicado.

Maharashtra, o segundo estado produtor do país, produziu 10 milhões de toneladas do adoçante nos primeiros seis meses da temporada, contra 5,9 milhões o ano anterior, disse a Isma.

As exportações ganharam força e as usinas já fecharam contratos para vendas externas de 4,5 milhões a 4,6 milhões de toneladas de açúcar até o momento neste ano comercial, segundo a associação.

“A retomada das importações de açúcar pelo Paquistão vai abrir outro mercado para as exportações indianas e ajudará a garantir que a meta de 6 milhes de toneladas em exportação de açúcar seja alcançada em setembro de 2021”, acrescentou.

O Paquistão retirou um bloqueio de quase dois anos às importações de açúcar da Índia na quarta-feira, e permitiu que o setor privado importe 0,5 milhão de toneladas de açúcar branco, com o governo local buscando manter preços domésticos sob controle.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 01/04/2021 - 9:03

Cotações Crypto
Pela Web