Produção de milho 20/21 da Argentina segue melhor que o esperado, diz Bolsa de Cereais

17/06/2021 - 18:12
Milho
A Argentina é o terceiro exportador mundial de milho (Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian)

A produção de milho 2020/21 da Argentina continua superior ao esperado em algumas áreas do núcleo agrícola, a medida que avança a colheita do cereal, afirmou nesta quinta-feira a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, que na semana passada elevou sua previsão de safra do grão a 48 milhões de toneladas.

A Argentina é o terceiro exportador mundial de milho, e os produtores do país colheram 42,3% da área semeada com o grão.

“As produtividades apuradas nos últimos sete dias continuam a superar as expectativas inicias das províncias de Córdoba e Santa Fé”, afirmou a Bolsa de Cereais (BdeC) em seu relatório semanal de cultivos.

Em relação ao trigo de 2021/22, cuja área estimada é de 6,5 milhões de hectares, a BdeC afirmou que os agricultores avançaram mais de 20 pontos percentuais na semeadura, devido às condições mais secas em zonas que registravam excesso de umidade.

O país é um importante fornecedor global de trigo e o plantio do cereal está completo em 57,4% das lavouras, afirmou a Bolsa.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 17/06/2021 - 18:12

Pela Web