Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Projeto de infraestrutura de US$ 1 trilhão leva Senado dos EUA a fazer algo raro: trabalhar no sábado

31/07/2021 - 13:47
Capitólio EUA
Sem folga: pacote proposto por Biden tem o apoio de democratas e republicanos (Imagem: Reuters/Joshua Roberts)

O Senado dos EUA, em uma rara sessão de sábado (31), trabalhou em um projeto de lei que gastaria 1 trilhão de dólares em estradas, ferrovias e outras infraestruturas, enquanto legisladores de ambos os partidos buscavam promover a principal prioridade legislativa do presidente Joe Biden.

O ambicioso plano tem o apoio de democratas e republicanos e já superou dois obstáculos por amplas margens no Senado dividido.

Mas até agora nenhum legislador viu o texto final do projeto, que inclui cerca de 550 bilhões de dólares em novos gastos e ainda estava sendo redigido no sábado. Os votos anteriores foram a favor de um projeto de lei que será adicionado à legislação real assim que estiver concluído.

“Assim que o grupo bipartidário concluir o texto legislativo, vou oferecê-lo como uma emenda substituta”, disse o democrata Chuck Schumer no sábado.

Mãos à obra

“O Senado vai avançar nos dois trilhos de infraestrutura antes do início do recesso de agosto. Quanto mais tempo levar para terminar, mais tempo estaremos aqui. Mas vamos fazer o trabalho.”

Depois de aprovar a conta de 1 trilhão de dólares, Schumer pretende avançar em um amplo pacote de 3,5 trilhões de dólares que se concentra na mudança climática e na assistência domiciliar para idosos e crianças. Isso enfrenta forte oposição republicana e alguma dissidência entre os democratas moderados.

O Senado votou 66-28 na sexta-feira para aceitar o projeto, com 16 republicanos se juntando a todos os 48 democratas e dois independentes no apoio.

Otimismo com aprovação

O pacote aumentaria dramaticamente os gastos do país em estradas, pontes, trânsito e aeroportos. Os defensores previram que no final das contas será aprovado pelo Senado e pela Câmara dos Representantes, chegando à mesa de Biden para que ele o sancione.

Inclui cerca de 550 bilhões de dólares em novos gastos, além dos 450 bilhões de dólares que foram aprovados anteriormente. Também inclui dinheiro para eliminar canos de água com chumbo e construir estações de carregamento de veículos elétricos.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 31/07/2021 - 13:47

Cotações Crypto
Pela Web