Morning Times

Promessa de corte nos juros anima investidores em mais um dia de baixa liquidez

27 dez 2023, 7:39 - atualizado em 27 dez 2023, 7:41
ibovespa bolsas investidores juros morning times
Morning Times: Mercado aposta em queda nos juros do Federal Reserve a partir de março do ano que vem. (Imagem: Getty Images Signature/Canva)

A semana mais curta promete ser de baixa liquidez com as festas de final de ano. No entanto, as bolsas internacionais operam no positivo, com os investidores animados com as promessas para 2024.

Estão todos de olho, principalmente, no Federal Reserve. O banco central americano apontou na última reunião que três cortes na taxa de juros estão sendo programados para o ano que vem.

Segundo dados do CME FedWatch Tool, 73,5% do mercado já posta em um primeiro reajuste de 0,25 ponto percentual em março.

Por aqui, o Ibovespa (IBOV) renovou as máximas históricas na sessão pós-feriado de Natal.

O índice fechou a 133.532 pontos, alta de 0,59%. No ano, a bolsa acumula disparada de 25%, sendo que grande parte dessa ‘pernada’ se deu nos dois últimos meses, quando subiu 17%.

Morning Times: Confira os mercados na manhã desta quarta-feira (27)

Bolsas asiáticas (mercado fechado)

  • Tóquio/Nikkei: +1,13%
  • Hong Kong/Hang Seng: +1,74%
  • China/Xangai: +0,54%

Bolsas europeias (mercado aberto)

  • Londres/FTSE100: +0,55%
  • Frankfurt/DAX: +0,13%
  • Paris/CAC 40: +0,20%

Wall Street (mercado futuro)

  • Nasdaq: +0,02%
  • S&P 500: +0,01%
  • Dow Jones: +0,01%

Commodities

  • Minério de ferro: 0,51%, a US$ 137,94 a tonelada
  • Petróleo/Brent: -0,17%, a US$ 80,93 o barril
  • Petróleo/WTI: -0,33%, a US$ 75,33 o barril

Boa quata-feira e fique de olho no Money Times para acompanhar as notícias do mercado!

Editora-chefe
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin
Formada em Jornalismo pela PUC-SP, tem especialização em Jornalismo Internacional. Atua como editora-chefe no Money Times e já trabalhou nas redações do InfoMoney, Você S/A, Você RH, Olhar Digital e Editora Trip.
Linkedin