Protocolo de empréstimos Aave detalha plano de descentralização e novo token

The Block
The Block
30/07/2020 - 8:38
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
The Block
“Aavenomics” é o nome dado processo de lançamento do token AAVE, que irão substituir os tokens LEND já existentes, e melhorar a segurança e sustentabilidade do protocolo (Imagem: Medium/Aave)

A equipe por trás de Aave, protocolo de empréstimos de finanças descentralizadas (DeFi), lançado este ano, está buscando deixá-lo mais descentralizado com o lançamento planejado de um token de governança.

Os detalhes por trás do token, seu processo de lançamento e como o token existente LEND, ligado ao Aave, será trocado, foram divulgados em uma publicação dessa quarta-feira (29).

O processo, que a equipe chamou de “Aavenomics”, “apresenta uma estrutura atemporal que alavanca incentivos financeiros e governança multinível para priorizar a segurança e a sustentabilidade do Aave”.

No início deste mês, Aave arrecadou US$ 3 milhões em uma venda de seu token LEND e a equipe por trás do projeto afirmou que estava preparando para anunciar seus planos de um sistema de governança baseado em token e uma troca dos tokens LEND para os tokens AAVE.

Segundo o plano publicado, haverá uma troca de proporção 100:1 dos tokens LEND para tokens AAVE.

AAVE terá um fornecimento total de 16 milhões de tokens, em que 13 milhões serão reivindicados por detentores do token LEND e o restante será direcionado para uma “Reserva do Ecossistema Aave”.

Essa reserva, explicada em outra publicação, será controlada por detentores de token e usada para incentivar o desenvolvimento do ecossistema do protocolo.

O atual processo de trocas será iniciado por meio de um pool de Governança Gênese para detentores do LEND. Quando aprovados, os contratos autônomos criados para facilitar a troca serão lançados.

A estrutura do Aave também destaca um Módulo de Segurança (“Safety Module”, ou SM), criado para funcionar contra Eventos de Déficit (“Shortfall Event”) nos mercados monetários do Aave.

O Módulo de Segurança será usado para realizar o staking dos tokens AAVE e investidores ganharão tokens, bem como uma porcentagem das taxas de protocolo que forem geradas.

“O principal mecanismo para assegurar o Aave Protocol é o incentivo dos detentores de AAVE bloquearem tokens em um componente baseado em contrato autônomo chamado de Módulo de Segurança. O AAVE bloqueado será usado como uma ferramenta de mitigação no caso de um Evento de Déficit nos mercados monetários que pertencem ao ecossistema Aave”, explica a equipe.

Caso haja um Evento de Déficit, parte do AAVE bloqueado será leiloado no mercado para ser vendido contra ativos necessários para mitigar o déficit.

O Módulo de Segurança inclui um mecanismo integrado de barreira para evitar fluxo excessivo de AAVE no mercado aberto que, por sua vez, reduziria o valor do próprio token.

A decisão dos participantes em bloquear AAVE no Módulo de Segurança resulta na aceitação de um possível Evento de Déficit, já que asseguram o protocolo em troca de recompensas, na forma de Incentivos de Segurança (“Safety Incentives”, ou SI) e distribuições de taxas.

A equipe disse aceitar feedback sobre a publicação por meio de seu fórum de governança.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 08/03/2021 - 14:59

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto