Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Pulso Público: Ciro é “herdeiro mais promissor” dos votos de Lula

29/01/2018 - 14:10

No xadrez pré-eleitoral, o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes (PDT) é “um herdeiro mais promissor” do eleitorado de Lula, avalia a Pulso Público: está em um partido melhor estruturado do que Marina Silva (Rede) e tem um “discurso com claro apelo ao eleitor lulista”.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Dentre as opções do próprio PT, a consultoria política cita Jaques Wagner, “uma aposta mais segura”, e Fernando Haddad. “Para ambos, as chances de herdar ao menos parte do eleitorado lulista repousam na capacidade do PT de comunicar ao eleitorado que o ex-presidente se mantém na disputa, postergando também ao máximo uma eventual prisão.”

Na análise enviada a clientes, a Pulso chama a atenção ao perfil do eleitor lulopetista nos últimos anos. Desde o mensalão, o partido perdeu o apoio da classe média urbana e, simultaneamente, passou a atrair eleitores nordestinos e das periferias de regiões metropolitanas em decorrência da expansão de políticas assistencialistas.

“Obviamente há mais alternativas, entre elas o próprio fim do lulismo, ou sua substituição pela reedição do voto conservador das pessoas com mais baixa renda. O ressurgimento do carlismo na Bahia é um exemplo regional de algo que pode virar uma tendência, possivelmente favorecendo um candidato como Geraldo Alckmin”, escreve a consultoria.

Marina Silva

Em relatório enviado a clientes na semana passada, o economista do UBS Tony Volpon diz que, sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na eleição, a Marina Silva seria a candidata mais competitiva. A respeito da ex-senadora, “a ausência de um discurso claro que mobilize o eleitorado lulista pesa e muito”, ressalva a Pulso Público.

Em entrevista ao Money Times, Marcus André Melo, professor de ciência política da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e doutor pela Sussex University, no Reino Unido, afirmou que o pleito deste ano não deve repetir a disputa PT versus PSDB. Para ele, a provável ausência de Lula na eleição aumenta o favoritismo de um candidato da coalização de centro direita encabeçada pelo PSDB, traz um apelo maior em torno da candidatura de Marina Silva, enquanto desidrata Jair Bolsonaro.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Conrado Mazzoni - 29/01/2018 - 14:10

Cotações Crypto
Pela Web