Invasão da Ucrânia

Putin está se tornando “cada vez mais desequilibrado” e “desconectado da realidade”, diz ex-embaixador

28 fev 2022, 11:29 - atualizado em 28 fev 2022, 11:29
Protesto contra Putin após invasão da Ucrânia
Protesto contra Putin após invasão da Ucrânia (Oren Rozen/Wikimedia Commons)

Segundo Michael McFaul, ex-embaixador dos Estados Unidos na Rússia na época do governo Obama, afirmou que o presidente russo, Vladimir Putin, “está cada vez mais desequilibrado”.

Em entrevista à NBC, McFaul disse que Putin “não está agindo de forma racional” em relação à invasão da Ucrânia.

“Ser expulso da SWIFT como aconteceu com a Rússia ontem, e então ter o presidente da Rússia na frente de seus generais e dizer: ‘Precisamos nos preparar para uma guerra nuclear’. Isso não soa muito racional para mim”, afirmou.

McFaul conheceu Putin na década de 90. O ex-embaixador ainda disse que “o presidente russo acredita em sua própria agenda por décadas”.

“Lembre-se, esse cara está no poder há 22 anos. Ele não ouve seus assessores. Mesmo quando eu era embaixador há oito anos, ele desprezava qualquer pessoa ao seu redor. Ele está em seu complexo, não entra em cidade muito e, sob a Covid-19, ele está mais isolado”, afirmou McFaul.

“Sentei-me na sala com ele por cinco anos quando trabalhei no governo Obama. Eu falo russo. Eu o escutei e sei o que ele diz — ele está cada vez mais desequilibrado na maneira como fala sobre o regime”, McFaul adicionado.

Como exemplo, McFaul citou as alegações de Putin de que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, “é um neonazista viciado em drogas”. Zelensky é judeu.

“Isso não soa como alguém que vai sentar e negociar um resultado pacífico”, disse McFaul, referindo-se a Putin.

Nesta segunda-feira (28), McFaul usou seu perfil no Twitter para continuar a falar sobre as decisões do presidente russo em relação à Ucrânia.

Segundo ele, “quando os ditadores governam por décadas, eles (1) param de ouvir os conselheiros, (2) se desconectam da realidade, (3) passam muito tempo sozinhos e (4) exageram”. “Foi exatamente isso que aconteceu com Putin”, concluiu.

Editora
Jornalista formada pela Faculdade Paulus de Comunicação (FAPCOM) e editora do Money Times, já passou por redações como Exame, CNN Brasil Business, VOCÊ S/A e VOCÊ RH. Já trabalhou como social media e homeira e cobriu temas como tecnologia, ciência, negócios, finanças e mercados, atuando tanto na mídia digital quanto na impressa.
Linkedin
Jornalista formada pela Faculdade Paulus de Comunicação (FAPCOM) e editora do Money Times, já passou por redações como Exame, CNN Brasil Business, VOCÊ S/A e VOCÊ RH. Já trabalhou como social media e homeira e cobriu temas como tecnologia, ciência, negócios, finanças e mercados, atuando tanto na mídia digital quanto na impressa.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.