Informação independente faz a diferença

Quais ações comprar nos setores elétrico e saneamento para curto e longo prazos

energa
Setores acumulam alta de 53% em 2016 e de 12% em 2017

Apesar do “buzz” em torno das ações dos setores elétrico e saneamento, as ações ainda têm espaço para avançar na Bolsa, argumenta o analista da Itaú Corretora Pedro Manfredini. Como um todo, os papéis ligados à geração, transmissão de energia e saneamento acumulam alta de 53% em 2016 e de 12% em 2017.

Veja outras recomendações de ações

Segundo o analista, alguns eventos específicos ainda podem continuar impulsionando o desempenho de algumas companhias, como novas regras regulatórias para o segmento de saneamento, privatizações, fusões e aquisições e novos leilões no segmento de transmissão de energia, além da queda na taxa de juros.

Ele ressalta, no curto prazo, preferência para as companhias Sanepar (SAPR4), Copasa (CSMG3) e Sabesp (SBSP3), além de Cemig (CMIG4) e Light (LIGT3) no setor de energia. Já para o médio e longo prazo, as apostas são Energisa (ENGI11) e Alupar (ALUP11) no médio e longo prazo.


 

Últimas Notícias