Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Quase 75% das empresas de transporte sofreram queda de demanda em junho

24/07/2020 - 9:51
Transportes Caminhão Exportação Importação
Carrocerias vazias: 26% das transportadoras têm caixa para apenas mais um mês (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A Confederação Nacional do Transporte (CNT) informou que quase 75% das empresas do setor registraram queda da demanda em junho. Segundo a entidade, esse foi o quarto mês consecutivo de retração nos negócios, devido à crise econômica causada pela pandemia de coronavírus.

A pesquisa da CNT também detectou que 60,7% das companhias de transporte viram seu faturamento cair no mês passado. As perspectivas também não são animadoras, já que o percentual de empresas que projeta uma queda de receitas em julho é ainda maior: 80,1%.

Além disso, a grande maioria dos participantes da pesquisa (quase 80%) avalia que os impactos negativos da crise ainda serão sentidos por, pelo menos, mais quatro meses.

Suspensão de contratos

E, à medida que o tempo passa, os compromissos começam a pesar cada vez mais. Segundo a CNT, 41,8% das transportadoras já apresentam muita dificuldade de pagar suas contas, e 26,4% delas só têm caixa para operar mais um mês.

O acesso a fontes de crédito também não tem sido um alento. A confederação observa que 52% das empresas solicitaram algum tipo de crédito aos bancos, mas mais da metade delas (54,3%) teve o pedido negado.

Para reduzir a queima de caixa, 42% recorreram à suspensão temporária de contratos de trabalho; a redução de jornadas e salários foi adotada por 42,7%; e 43,6% precisaram demitir.

Veja a pesquisa da CNT sobre o impacto da Covid-19 no setor de transportes.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 24/07/2020 - 9:51