Bilionários

Resultados do 2T23 deixam um bilionário brasileiro mais rico e outro mais pobre; veja quem

13 ago 2023, 13:00 - atualizado em 11 ago 2023, 15:09
Candito Pinheiro Hapvida bilionário
Fundador da Hapvida é o único bilionários brasileiro que registrou ganhos na semana. (Imagem: Reprodução)

Cândido Pinheiro Koren de Lima, o fundador da operadora de planos de saúde Hapvida (HAPV3), teve uma semana para comemorar.

Segundo o ranking em tempo real da Revista Forbes, o empresário viu sua fortuna crescer cerca de R$ 980 milhões na última semana. A valorização foi motivada pela arrancada das ações da Hapvida, que subiram 12,35% desde a última segunda-feira.

No resultado divulgado na última quarta-feira, a Hapvida registrou uma alta da receita líquida consolidada ante o ano anterior, para R$ 6,84 bilhões, beneficiada pelo crescimento em planos de saúde, que aumentou 14,8% ano a ano.

E, apesar da queda de 8% do lucro na base anual, a Hapvida conseguiu aumentar em 571% o lucro na base trimestral.

O foco dado à diminuição da sinistralidade (relação entre o custo para um procedimento e o valor pago pela empresa) também agradou os mercados.

  • Tchau, deflação: Depois da queda em junho, IPCA volta a subir 0,12% em julho: Entenda quais devem ser os efeitos para o Ibovespa no Giro do Mercado desta sexta-feira (11), é só clicar aqui para assistir.  Aproveite para se inscrever no nosso canal e fique ligado nas próximas lives, de segunda a sexta-feira, às 12h.

Dono da Hapvida é o único bilionário brasileiro que saiu ganhando na semana

Ao fim da semana, o dono da Hapvida foi o único bilionário brasileiro a obter ganhos em sua fortuna pessoal.

Do lado vermelho, Jorge Moll Filho, fundador da Rede D’Or (RDOR3), também do setor de saúde, foi quem registrou as maiores perdas de fortuna. Ainda segundo o levantamento da Revista, Jorge Moll Filho perdeu quase R$ 3 bilhões, após a divulgação dos resultados trimestrais da companhia.

No total, a fortuna acumulada dos bilionários brasileiros chega a R$ 826,1 bilhões.

Estagiário
Jorge Fofano é estudante de jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP. No Money Times, cobre os mercados acionários internacionais e de petróleo.
Jorge Fofano é estudante de jornalismo pela Escola de Comunicações e Artes da USP. No Money Times, cobre os mercados acionários internacionais e de petróleo.