Radar do mercado

Sabesp (SBSP3), Cogna (COGN3), AES Brasil (AESB3) e outros destaques desta segunda (17)

17 jun 2024, 9:34 - atualizado em 17 jun 2024, 9:36
sabesp sbsp3
Sabesp, Cogna e AES Brasil estão entre os destaques do radar corporativo desta segunda-feira (17) (Imagem: Reprodução/Sabesp)

A nova política de dividendos da Sabesp (SBSP3), o programa de recompra de ações da Cogna (COGN3) e a aprovação da união de negócios entre a AES Brasil (AESB3) e a Auren (AURE3) são alguns dos destaques corporativos desta segunda-feira (17).

Confira os principais destaques desta segunda-feira (17)

Sabesp (SBSP3) privatizada prevê aumentar dividendos

Sabesp aprovou uma nova política de distribuição de dividendos, que passará a vigorar a partir da liquidação da oferta pública de distribuição de ações que marcará a privatização da empresa paulista de saneamento.

Conforme o documento, o pagamento de proventos para as ações ordinárias poderá ser maior do que os 25% do lucro líquido ajustado previstos atualmente.

Cogna (COGN3) aprova programa de recompra de ações

A Cogna anunciou programa de recompra que pode chegar a 44.216.191 ações, equivalente a 2,357% das ações em circulação no mercado.

As ações adquiridas serão mantidas em tesouraria, podendo, posteriormente, serem canceladas e/ou alienadas. O prazo máximo para a realização da negociação de papéis da própria emissão da companhia será de 12 meses, iniciando em 17 de junho de 2024 e encerrando em 17 de junho de 2025.

  • 850 mil brasileiros já estão recebendo, todos os dias, as atualizações mais relevantes do mercado financeiro. Você é um deles? Se a resposta for não, ainda dá tempo de “correr atrás do prejuízo”. Clique aqui para começar a receber gratuitamente

AES Brasil (AESB3): Cade aprova união de negócios com a Auren (AURE3)

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a união entre negócios da AES Brasil e da Auren.

Nos termos da legislação aplicável, a decisão do Cade transitará em julgado em 15 dias a contar da publicação do despacho de aprovação do Diário Oficial da União, diz o comunicado.

“Concluída esta etapa, a condição precedente relativa à aprovação do Cade será obtida de forma definitiva, remanescendo pendentes outras condições precedentes para a conclusão da transação”.

Zamp (ZAMP3): CEO e um dos fundadores deixa companhia

Ariel Grunkraut, CEO da Zamp (ZAMP3), antigo Burger King, deixará o comando da rede, mostra documento enviado ao mercado na sexta-feira (14).

Ariel foi um dos sete sócios-fundadores que criaram a companhia em 2011. “Conduziu a bem-sucedida estratégia de marketing que transformou o Burger King na marca de fast food preferida do brasileiro”, informou.

O executivo também liderou a transformação digital da empresa e teve papel para a construção da Zamp enquanto maior operadora de lojas próprias do Brasil.

Tim (TIMS3) anuncia pagamento de JCP

O Conselho de Administração da Tim (TIMS3) anunciou o pagamento de R$ 300 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), equivalente ao valor bruto de R$ 0,124069241 por ação.

O pagamento ocorrerá até o dia 23 de julho de 2024, sendo a data de 21 de junho de 2024 como aquela que servirá para identificar os acionistas com direito a receber tais valores.

As ações adquiridas após a referida data estarão ex-direito de distribuição de JSCP. O valor bruto por ação poderá ser modificado em razão da variação na quantidade de papéis em tesouraria para atendimento ao plano de incentivo de longo prazo da Tim.

  • 10 AÇÕES INTERNACIONAIS PARA INVESTIR EM JUNHO: Confira as recomendações do analista Enzo Pacheco, da Empiricus Research, e saiba o que comprar agora para buscar lucros no mês:

Vivo (VIVT3) pagará R$ 175 milhões em juros sobre o capital próprio

Vivo (VIVT3) pagará R$ 175 milhões em juros sobre o capital próprio, mostra documento enviado ao mercado nesta sexta. O valor será R$ 0,106006279191 por ação ordinária, sendo R$ 0,09010533731 líquidos de imposto de renda.

O acionista que quiser embolsar os JCPs terá até o dia 26 de junho para comprar o papel. A partir desta data, as ações serão consideradas “ex-JSCP”.

O pagamento será realizado até o dia 30 de abril de 2025, devendo a data ser oportunamente fixada pela diretoria da companhia.

Petrobras (PETR4) indica novos diretores

A nova gestão da CEO da Petrobras (PETR4), Magda Chambriard, indicou três diretores para a companhia, incluindo o CFO, que deverá ser ocupado por Fernando Melgarejo. As ações da petroleira foram interrompidas.

Melgarejo passou 37 anos no Banco do Brasil, dos quais dedicou cerca de 30 anos à área financeira, onde Foi Gerente Executivo na Diretoria de Finanças e Relações com Investidores da Banco do Brasil na área de Estruturação e Análise Financeira.

Para o cargo de Diretoria Executiva de Engenharia, Tecnologia e Inovação foi indicada Renata Baruzzi e para Diretoria Executiva de Exploração e Produção, Sylvia dos Anjos.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.