AgroTimes

Raízen (RAIZ4): Moagem de cana-de-açúcar na safra 2023/2024 supera expectativas e atinge recorde; confira

27 dez 2023, 9:32 - atualizado em 27 dez 2023, 9:32
raízen moagem
O volume de cana processada superou as expectativas da Raízen em 4% ante as 80 milhões de toneladas de cana previstas em maio (Imagem: REUTERS/Nacho Doce)

A Raízen (RAIZ4) anunciou nesta quarta-feira (27) o desempenho da moagem na safra 2023/2024.

De acordo com a companhia, a quantidade de cana moída passou de 73,2 milhões de toneladas no ciclo anterior (22/23) para 83,2 milhões de toneladas, um salto de 14%.

Já para as toneladas de cana-de-açúcar por hectare da própria companhia, o avanço foi de 25%, de 69 milhões de toneladas para 86 milhões de toneladas.

Dessa maneira, o volume de cana processada superou as expectativas da companhia em 4%, ante as 80 milhões de toneladas de cana mencionadas no fato relevante de 12 de maio.

Esta performance recorde reflete os resultados da jornada de recuperação da produtividade agrícola, a partir dos investimentos em plantio, trato e manejo, além do regime climático mais favorável, que contribuiu para maior disponibilidade de cana e, por consequência, mais dias de moagem.

A Raízen ressalta que poderá haver moagem adicional no mês de março de 2024 e que este documento considera informações disponíveis e que não serão materialmente divergentes daquelas posteriormente auditadas pelos auditores independentes.

Confira o comunicado da Raízen na íntegra:

Repórter
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin