Receita líquida da Boa Safra Sementes decola 1.007% no primeiro trimestre

18/05/2021 - 10:44
Boa Safra Sementes SOJA3
Já o resultado líquido no período foi negativo em R$ 2,8 milhões, variação de menos 256% no intervalo de um ano, quando a Boa Safra havia lucrado R$ 1,8 milhão (Imagem: Divulgação)

A Boa Safra Sementes (SOJA3), que estreou na Bolsa brasileira com salto de 40% de suas ações no final de abril, ingressa no universo dos balanços corporativos com um crescimento de 1.007% da receita líquida da empresa no primeiro trimestre de 2021, ao totalizar R$ 13,4 milhões ante R$ 1,2 milhão um ano antes.

De acordo com a companhia agro, o forte desempenho neste início de ano foi impulsionado e pelo incremento de volume de 11% no milho e 118% no feijão.

Já o resultado líquido no período foi negativo em R$ 2,8 milhões, variação de menos 256% no intervalo de um ano, quando a Boa Safra havia lucrado R$ 1,8 milhão.

A variação teve como responsáveis a reversão de ajustes de contratos a valor justos de instrumentos financeiro, além de aumento nas despesas administrativa e de vendas.

O Ebitida (lucro antes de impostos) dos últimos doze meses findo no primeiro trimestre atingiu R$ 97 milhões, alta de 66,6% frente ao mesmo período findo em 2020.

A variação teve como principal responsável o aumento na receita operacional líquida, segundo a companhia.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 18/05/2021 - 10:44

Pela Web