Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Rede de postos Ipiranga pesa, e lucro da Ultrapar cai 59% no segundo trimestre

12/08/2020 - 19:47
Ultrapar Ipiranga UGPA3
Pergunta lá: mau desempenho da Ipiranga explica queda do lucro (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

A Ultrapar (UGPA3) reportou lucro líquido de R$ 50 milhões no segundo trimestre. A cifra é 59% menor que a do mesmo período do ano passado, e 70% inferior à do primeiro trimestre. No relatório que acompanha as demonstrações, o grupo atribui o resultado aos “impactos da pandemia na Ipiranga, atenuado por uma menor despesa financeira.”

Como a Ipiranga não tem capital aberto, a Ultrapar divulgou apenas alguns números de sua rede de postos de combustível. O pouco que se vê é emblemático. O volume total de vendas foi 18% menor que o de um ano atrás, e 16% inferior ao do primeiro trimestre.

Já o ebitda da Ipiranga recuou 65% e 63%, em comparação com o segundo trimestre de 2019 e com o primeiro trimestre de 2020, respectivamente. Em valores, somou R$ 179 milhões.

A receita líquida da Ultrapar baixou 27%, na comparação anual, para R$ 15,9 bilhões. Essa linha foi prejudicada, segundo o relatório da diretoria do grupo, pela queda das receitas da Ipiranga, Ultragaz e Extrafarma.

Veja o relatório de resultados da Ultrapar.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 12/08/2020 - 19:55