Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Rede D’Or: após 4º trimestre robusto, analistas ficam na expectativa com agenda de aquisições

25/02/2021 - 17:28
Rede D'Or
Após um trimestre muito bom, os analistas da XP e do BTG estão de olho nos movimentos de M&As da Rede D’Or, o novo foco do mercado para o nome (Imagem: LinkedIn/Rede D’Or São Luiz)

A Rede D’Or (RDOR3) superou as expectativas dos analistas após divulgar números operacionais muito fortes no balanço trimestral, o primeiro após a abertura de capital na Bolsa, em dezembro de 2020.

A receita líquida do quarto trimestre do ano passado veio robusta, de acordo com a XP Investimentos. O montante de R$ 4,1 bilhões superou em 31% as projeções da corretora, refletindo um conjunto de fatores positivos: leitos operacionais mais altos, taxa de ocupação mais alta e ticket médio mais alto.

O Ebtida ajustado, que atingiu R$ 1,1 bilhão, bateu as estimativas da XP em 18%, enquanto o lucro líquido de R$ 302,9 milhões ficou abaixo dos R$ 510 milhões previstos.

O BTG Pactual (BPAC11) teve uma visão bem parecida sobre os resultados da Rede D’Or. Na avaliação do banco, eles vieram amplamente em linha com suas expectativas otimistas, que estavam acima do consenso.

O BTG chamou atenção para a liquidez de caixa da companhia:

“Após seu recente IPO (que trouxe R$ 8,4 bilhões em novos recursos), a dívida líquida da Rede D’Or (ex-IFRS16) caiu para R$ 5,6 bilhões (saindo de aproximadamente R$ 13 bilhões), implicando em 2,3 vezes Ebitda dos últimos 12 meses (índice naturalmente impactado pela redução do Ebitda no segundo trimestre)”, comentaram Samuel Alves, Yan Cesquim e Ricardo Cavalieri.

Passado o quarto trimestre, os analistas da XP e do BTG estão de olho agora nos movimentos de M&As (fusões e aquisições) da Rede D’Or, o novo foco do mercado para o nome.

“Os resultados do quarto trimestre reforçaram nossa visão positiva sobre a Rede D’Or, confirmando sua forte capacidade operacional com melhoria nos indicadores mais importantes: leitos operacionais, taxa de ocupação e ticket médio. Agora o foco se volta para a agenda de M&A que foi forte em 2020 (Rede D’Or adicionou 1 mil novos leitos, a mesma expectativa para 2021)”, destacaram Vitor Pini e Matheus Soares, analistas da XP.

A XP e o BTG reiteraram a compra da ação da Rede D’Or. Ambos indicaram preço-alvo de R$ 85.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 25/02/2021 - 17:28