Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Rede D’Or: maior player do Brasil, mas ainda com muito espaço para expandir

Lucas Eurico Simões
21/01/2021 - 9:58
Rede D'Or
Apesar de ser o maior hospital de alto padrão do segmento, a Rede D’Or ainda representa uma pequena fatia do mercado brasileiro (Imagem: LinkedIn/Rede D’Or São Luiz)

O IPO da Rede D’Or (RDOR3), em dezembro de 2020, marcou uma nova era para o segmento brasileiro de saúde privada, que agora tem um player listado na B3 (B3SA3) com um valor de mercado de mais de R$ 100 bilhões voltado para hospitais.

“Apesar do grande número de leitos, a Rede D’Or ainda opera em uma área restrita e um mercado fragmentado, possibilitando consolidação e crescimento acelerado”, comentam os analistas Fred Mendes e Flavia Meireles, que assinam o relatório de início de cobertura da Ágora Investimentos.

A casa de análise espera uma valorização em torno de 21% para as ações da Rede D’Or até o final de 2021, com recomendação de compra.

A dupla de analistas pondera que empresa tem atualmente uma participação de mercado de cerca de 8% dos leitos no Brasil que, apesar de ser o maior hospital de alto padrão do segmento, ainda representa uma pequena fatia do mercado.

Para a Ágora, a expansão do segmento de hospitais de alto padrão é baseado no reconhecimento da qualidade dos serviços prestados pelos beneficiários. Logo, a estratégia da companhia deve passar por:

1) fusões e aquisições em regiões a conquistar;

2) expansão por meio de projetos greenfield em locais onde a marca hospitalar é reconhecida; e

3) projetos brownfield para aumentar o número de leitos em seus ativos existentes a fim de diluir custos fixos e aumentar a rentabilidade.

Envelhecimento do Brasil é fator positivo

Idoso
A população brasileira está envelhecendo rápido e deve, cada vez mais, demandar serviços ligados à saúde e hospitais (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

A XP Investimentos também colocou em seu radar os papéis da Rede D’Or. A corretora está otimista pois considera que a gigante de saúde privada não só depende de seu excelente esquema de fusões e aquisições.

“A companhia também deve se beneficiar de um cenário macro positivo, visto que a população brasileira está envelhecendo rápido e deve, cada vez mais, demandar serviços ligados à saúde e hospitais”, enfatizam os analistas Vitor Pini e Matheus Soares, que assinam o relatório da XP.

No curto prazo, porém, a utilização da capacidade de leitos está em risco. No crivo dos analistas, a segunda onda da Covid-19 pode afetar os procedimentos eletivos em 2021.

“No longo prazo, esperamos que a empresa aumente sua capacidade em 44% ou 12 mil novos leitos, dos quais 5 mil novos leitos adquiridos e 6 mil novos leitos orgânicos”, concluem Pini e Soares.

Veja a seguir os detalhes de recomendação de ambas corretoras para as ações da Rede D’Or até o final de 2021:

Ticker Recomendação Preço-alvo (R$) Valorização (R$)
Ágora RDOR3 Compra 82 21
XP RDOR3 Compra 85 25

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 21/01/2021 - 10:04

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web