Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Rede D’Or (RDOR3): Ativa reduz preço-alvo das ações, mas segue otimista com empresa; entenda

23/05/2022 - 19:15
Rede D'Or
Apesar de riscos, fundamentos da Rede D’Or são sólidos, avalia corretora (Imagem: Rafael Borges/Money Times)

A Ativa Investimentos reduziu em 27,3% o preço-alvo das ações da Rede D’Or (RDOR3), indo de R$ 71,70 para R$ 52,10. A recomendação de compra, no entanto, foi reiterada.

Segundo a corretora, os resultados da companhia foram impactados parcialmente pela pandemia. Apesar dos riscos de execução de sua estratégia de crescimento, a Ativa enxerga na Rede D’Or fundamentos sólidos aliados a uma gestão com histórico renomado e uma avaliação atrativa.

De acordo com os analistas Leo Monteiro e Pedro Dietrich, que assinam o relatório divulgado na quinta-feira (19), a Rede D’Or está inserida em um setor de crescente demanda, que proporciona boas oportunidades de M&A (fusões e aquisições). Eles destacam ainda o serviço de alta qualidade e o histórico de aquisições bem-sucedidas da empresa.

Para Monteiro e Dietrich, a incorporação da SulAmérica deverá acelerar o pipeline de aquisições, “uma vez que facilita negócios com operadoras verticalizadas e garante uma fonte pagadora nas regiões em que a empresa deseja se inserir”.

Só no começo

Na visão da Ativa, o mercado de redes hospitalares é subpenetrado e fragmentado. Apesar de ser líder absoluta no setor, a Rede D’Or possui menos de 7% do total de leitos no país, destaca.

A companhia tem um plano ambicioso de crescimento: até 2025, ela planeja expandir sua rede em 5,3 mil novos leitos via projetos greenfield (novos) e brownfield (existentes), além de adicionar 5 mil leitos via aquisições.

Riscos

O ponto mais relevante da estratégia da Rede D’Or se concentra na execução de seu plano de crescimento, que não está blindado de riscos.

Caso a companhia não consiga realizar seus projetos ou fazer aquisições acima do projetado, a avaliação poderá ser prejudicada, afirma a Ativa.

Para Monteiro e Dietrich, a capitalização de concorrentes que operam no mesmo nicho da Rede D’Or pode impactar na estratégia de crescimento da empresa.

Os analistas também evidenciam a concentração de aproximadamente 70% da receita da companhia nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro que, havendo qualquer mudança nas condições legais, sociais ou econômicas, pode prejudicar a Rede D’Or de maneira adversa.

Outro ponto é o perfil familiar em sua governança, com a família Moll presidindo tanto o conselho de administração quanto a diretoria da Rede D’Or.

“Tal característica pode implicar em riscos relevantes de governança corporativa em futuras decisões”, explicam.

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Diana Cheng - 23/05/2022 - 19:15

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto