Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Ressurgimento da Covid-19 ameaça recuperação conforme autoridades do Fed se preparam para Jackson Hole

23/08/2021 - 9:21
Jerome Powell
Até agora, o chair, Jerome Powell, minimizou o impacto da variante Delta (Imagem: Flickr/ Federal Reserve)

O ressurgimento da pandemia de Covid-19 desferiu um golpe forte, já que as autoridades do Federal Reserve cancelaram abruptamente sua primeira conferência presencial desde o início da pandemia, levantando questões sobre sua insistência de que a economia enfrenta risco limitado da variante Delta e sobre os planos de reduzir seu estímulo.

O revés, anunciado na sexta-feira, com o simpósio anual de Jackson Hole agora virtual pelo segundo ano seguido, é o mais recente em uma série de pequenos sinais que se acumulam de que o novo surto está tendo um impacto maior do que as autoridades do Fed esperavam. O chair, Jerome Powell, já iria fazer seu discurso na sexta-feira por webcast.

A mudança acontece num momento crítico, à medida que o banco central dos EUA considera quando começar a reduzir seu apoio econômico emergencial, com a maioria das autoridades ansiosas para começar a reduzir seu programa de compra de ativos até o final deste ano, de acordo com a ata da reunião de política monetária do Fed de 27 e 28 de julho.

Até agora, Powell minimizou o impacto da variante Delta. Pessoas e as empresas aprenderam a “viver suas vidas apesar da Covid”, disse ele, indicando que a perspectiva do banco central de melhora na economia permanece intacta, apesar do ressurgimento de casos da doença e taxas de vacinação desiguais.

“Pessoas e empresas improvisaram e aprenderam a se adaptar”, disse Powell em um evento online em 17 de agosto com professores e estudantes.

O crescimento econômico dos Estados Unidos ultrapassou os níveis pré-pandemia no segundo trimestre e deve ser revisado para cima no nesta semana.

Fraqueza em dados de alta frequência

Quase todas as medidas de recuperação para Estados norte-americanos individuais monitoradas pela Oxford Economics caíram na última semana disponível. Os Estados do Sul registraram as quedas mais acentuadas, liderados por Louisiana, Flórida e Mississippi.

“A maior cautela do consumidor enfraqueceu a demanda e a mobilidade, que caíram para mínimas em várias semanas. O emprego piorou, a produção diminuiu e o indicador da saúde caiu com aumento do contágio pela variante Delta”, escreveu a equipe de economistas para os EUA da Oxford.

As contratações por pequenas empresas, monitoradas pela empresa de gerenciamento de tempo Homebase, caíram, enquanto os dados de cartões de crédito e débito do Bank of America mostraram uma queda nos gastos com lazer nos últimos sete dias. As reservas de restaurantes por meio do site OpenTable também caíram nos últimos dias.

O sentimento do consumidor norte-americano também caiu drasticamente no início de agosto, com um índice que acompanha a confiança desse público atingindo seu nível mais baixo em uma década, mostrou uma pesquisa da Universidade de Michigan.

“Conseguimos todas as vitórias fáceis da reabertura, e o fato é que o vírus está nos alcançando. Portanto, há um certo arrefecimento… os economistas ficaram um pouco entusiasmados demais”, disse Vincent Reinhart, ex-funcionário do Fed que é economista-chefe do BNY Mellon Asset Management.

Outros alertam para não dar muita importância à desaceleração após um salto na atividade econômica com a reabertura e a demanda reprimida liberada durante o verão (no Hemisfério Norte).

“Até agora, os impactos no mundo real têm sido relativamente pequenos e localizados”, disse a Jefferies em uma análise de dados em tempo real, observando que as quedas nas reservas em restaurantes foram lideradas por estados com grandes surtos de Covid-19, como Flórida e Texas.

O presidente do Fed de Dallas, Robert Kaplan, um dos defensores mais enérgicos da redução do apoio à economia, disse na sexta-feira que o impacto da variante Delta está “se desdobrando rapidamente” e que ele pode ajustar suas opiniões sobre a política monetária “um pouco”, caso ela desacelere o crescimento econômico materialmente.

Kaplan havia dito anteriormente que gostaria que o Fed começasse a reduzir suas compras de ativos em outubro.

Problemas na oferta

Os formuladores de política monetária do Fed também estão observando atentamente as várias categorias que contribuíram para um salto exagerado na inflação devido a gargalos na cadeia de oferta, bem como quaisquer sinais de que as pressões sobre os preços podem estar aumentando.

Muitos no Fed, incluindo Powell, afirmam que as atuais leituras de alta da inflação são temporárias e cairão em direção à meta média de 2% do banco central, mas algumas autoridades estão ficando mais nervosas.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Janaina de Camargo - 23/08/2021 - 9:25

Cotações Crypto
Pela Web