Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Retomada da produção da Saudi Aramco poderá demorar meses ao invés de semanas

23/09/2019 - 8:13
Arábia Saudita Saudi Aramco Petróleo Oriente Médio
Ataque terrorista afeta produção da maior petrolífera do mundo (Imagem: Reuters)

A retomada da produção nas refinarias da Saudi Aramco demorará alguns meses para ocorrer, ao invés de no máximo 10 semanas como previsto inicialmente por executivos sauditas, de acordo com a reportagem do The Wall Street Journal.

Executivos da maior petrolífera do mundo realizam conversas emergenciais com provedores de suprimentos e oferecem pagamentos extras para maior agilidade na retomada da planta produtiva.

No último sábado (21), o CEO Amin Nasser destacou que a produção deve voltar ao nível pré-crise no final deste mês. “Nem um único envio aos nossos clientes internacionais foi atrasado ou cancelado devido aos ataques”, afirmou. A companhia quer voltar a operar na capacidade máxima até o final de novembro.

Sem calma

Por outro lado, oficiais da Arábia Saudita destacam que não existe calma entre os executivos de alto escalão da companhia e membros do governo, prevendo inclusive que poderá levar um ano completo para reparar todos os danos dos ataques terroristas.

“Estamos ainda em uma busca frenética por partes da refinaria”, declarou um dos oficiais. “Não é tão bom e tão bonito quanto você pode pensar”, completou.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 23/09/2019 - 8:13