Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Revisão do Banco Central Europeu não resolverá dilema dos preços de moradia

11/02/2020 - 12:22
BCE Zona do Euro
O BCE provavelmente usará a revisão simplesmente para deixar claro que não está satisfeito com a qualidade dos dados de inflação (Imagem: Reuters/Ralph Orlowski)

A revisão de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) não deve resolver um conflito sobre o tratamento dos preços de moradias nos dados da inflação e, em vez disso, buscará pressionar a agência de estatísticas da Europa a propor uma solução, afirmaram quatro fontes.

O custo da habitação ocupada pelo proprietário é excluído das leituras de inflação. Algumas autoridades, incluindo a presidente do BCE, Christine Lagarde, argumentaram que esses dados, usados para sustentar a política monetária, podem refletir de maneira imprecisa como as pessoas gastam seu dinheiro.

Comentários recentes do economista-chefe do BCE, Philip Lane, e do chefe do banco central alemão, Jens Weidmann, de que a moradia deve ter um peso maior na inflação apenas reforçaram as expectativas de que o BCE usará sua primeira revisão de política monetária desde 2003 para conduzir uma mudança que é defendida há muito tempo.

Mas as fontes, todas com conhecimento direto da discussão, disseram que a questão é muito complicada para ser resolvida rapidamente e que a mudança fazia pouco sentido em uma fase madura do ciclo comercial, quando se espera um alívio na inflação dos preços da habitação.

Como os preços das moradias tendem a subir desproporcionalmente em um boom e cair em uma recessão, eles tendem a amplificar as oscilações nas leituras da inflação. Os dados também são difíceis de coletar e apresentam um longo atraso, tornando a leitura geral menos confiável.

Portanto, o melhor que o BCE pode fazer é pressionar a Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia, e o banco provavelmente usará a revisão simplesmente para deixar claro que não está satisfeito com a qualidade dos dados de inflação, disseram as fontes.

Lagarde poderia então usar a revisão, defendida por análises de especialistas, para levar a Comissão Europeia e a Eurostat a agir, mesmo que qualquer mudança leve vários anos acrescentaram as fontes.

Lagarde já disse que, se o BCE achar que faltam dados de inflação, solicitará à Eurostat que faça “trabalho adicional”.

Tanto o BCE quanto a Eurostat se recusaram a comentar.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 11/02/2020 - 12:22

Cotações Crypto
Pela Web