Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Sanepar e Marcopolo entram na carteira semanal Not Bad; veja o portfólio

10/08/2020 - 10:53
Marcopolo POMO4
Veja a carteira de William Castro Alves para a semana (Imagem: Facebook/Marcopolo)

Câmbio e investimento externo

Há 2 semanas atrás chamei atenção para o dólar. O dia era 27/07 e o Dolár estava R$ 5,14. Muitos acreditavam que as reformas, e a queda do dólar no mundo, e a lua, e o vento e etc poderiam fazer nossa moeda performar melhor e quem sabe esperar um pouco para enviar seus recursos para fora…para começar a internacionalizar não é?

No fechamento de sexta o dólar bateu R$ 5.44 uma alta de 5.84% em 2 semanas….VIX nas mínimas bolsas globais andando e o Real não se valoriza. Não quer dizer muito, mas quer dizer algo não? E se der uma “dor de barriga” no Brasil ou no mundo? Para onde vcs acham que vai esse câmbio?

Fora isso teve muita ação americana saltando nessas 2 semanas…então nem quero comentar para não te deixar triste! Sei que o racional é difícil, mas as vezes não vale a pena esperar quedas de 3%, 5%, 7% no câmbio e pagar 20% mais caro na ação que já andou nos EUA.

Lembrem-se o Real é um ativo de risco….ele vai bem quando outros ativos de risco vão bem.

NO MAIS…

  • A alta do dólar valorizou a minha parcela internacionalizada quando a considero em Real…fora isso algumas ações que reportaram resultados foram bem essa semana. Lembrando: por motivos de compliance não publico os papéis que tenho nos EUA. Mas sigo com 60% em caixa na minha parcela no exterior.
  • Reduzi o caixa comprando 2 ativos que comento abaixo.
  • Clubes de investimento da VGR sofreram com o mercado.
  • E minhas ações de properties foram bem…de resto…ruim!

 

 

AÇÕES 

Seguindo as trocas da Carteira #Notbad, adicionei 2 ativos na minha carteira: SAPR11 e POMO4. O racional de entrada de cada um deles nesse link.

Bradesco: Tivemos resultado de BBDC4 o qual o Breno fez um post completo a respeito. Quem não viu acesse:

Banco do Brasil: Outro que divulgou resultado foi o BBAS3. Tudo muito parecido ao 1T20….provisões enormes por conta da covid e lucro caindo 25% na comparação com 2019.

Banco reportou R$ 3,3 bi de lucros….anualize isso … ou seja, considere que as coisas sigam horrorosas … você chegará a R$ 13.2 BI de lucro para 1 ano … o banco vale R$ 97BI na bolsa … matemática básica … 97/13.2 = 7.3x … se você acha isso caro, melhor sair da bolsa, porque eu não vejo nada mais barato que isso hoje no mercado brasileiro!

Sinceramente acho um esforço desnecessário ficar lendo as linhas do balanço e da DRE ou postar aqui um resumo completo. Pra mim está barato, mas esse não é o ponto. Pra mim, a melhor coisa que poderia acontecer para as ações dos bancos atualmente, é o governo ferrar o que tiver que ferrar… limita os juros do cheque especial logo…aumenta o imposto … etc.

Faz logo e tira a nuvem! Atocha logo os bancos que a gente aqui faz conta e vê se vale a pena seguir comprado. Detalhe é que esses bancos que hoje aí estão, fazem negócios no Brasil, há mais tempo que eu e você somos nascidos!

É muita “cancha” na gíria do futebol … governo vem de um lado e eles dão um “toco e me voy”! Enfim….medo mesmo eu tenho só das fintechs…mas acho que essas ainda demoram um pouco mais para de fato machucar os bancos…sigo achando NO BRAINER!

BR Properties: Tivemos o resultado de BRPR3 que serviu para lembrar o mercado que os escritórios não acabaram nem vão acabar. Acho a assimetria BIZARRA! Contas simples… Portfolio avaliado em R$ 7,182 BI …supondo um desconto de 10% sobre esse valor, teríamos R$ 6,4Bi arredondado; dívida líquida (dívida – caixa) de R$ 465 MM; um menos o outro teríamos algo como R$ 6BI de valor de ativos líqudos? Faz sentido para vocês?

Somente nessa conta simples você consegue enxergar 22% de upside para o papel. Detalhe é que historicamente eles não venderam ativos abaixo desse valor de mercado reportado por eles…nessa conta eu dei um desconto de 10%. Fora isso, lembro que os ativos dela são offices premium nos melhores lugares do Brasil.

No operacional um crescimento de receita de 13%, Ebitda crescendo 18%…empresa alcançou o menor custo de dívida da história em 3.7% … contrariamente ao que muitos imaginam a vacância seguiu diminuindo. Enfim, segue sendo uma das maiores posições do meu portfolio.

Marcopolo: POMO4 divulgou um resultado que foi só sofrência! Receita caindo 30%, Ebitda -61% e Lucro -98% … precisa dizer mais alguma coisa? Investidor comprado nela como eu, segue na boléia acreditando que o pior já ficou no retrovisor! E sinceramente, penso que tem muita gente que não está vendo a melhora em curso! A empresa chamou atenção para isso:

  • Ônibus Urbanos: “porém, a gradual reabertura de diversas regiões do país deve ser um gerador de vendas a partir do 3T20. O programa federal Caminho da Escola segue sendo o destaque positivo”
  • Micros e Volares: “o segmento de micros e Volares vêm experimentando uma recuperação das vendas na medida que
    restrições sanitárias limitam o uso de vans utilizadas especialmente para fretamento. A demanda vem sendo alimentada
    especialmente pela agricultura e mineração. O segmento apresenta boas perspectivas para o 2S20. O Caminho da Escola
    também é destaque no segmento.
  • Caminho da Escola: “o ritmo de entregas deve se acelerar no 3T20.” 

COGNA: seguiu sendo notícia, com podcast, briga no twitter, traders pulando fora da barca e etc. Como vinha dizendo, detesto papel que “entra na moda” … Phoda. Mas sigo nela…abaixo de 10,00 acho um pecado vender.

E a carteira…

 

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Vitória Fernandes - 10/08/2020 - 10:53