Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Santander inclui Alupar e Vale na carteira de dividendos de setembro

02/09/2020 - 15:04
Vale VALE3
Chegando: Vale deve distribuir dividendos já em setembro (Imagem: Vale/Marcelo Coelho)

O Santander (SANB11) realizou duas alterações na carteira recomendada de dividendos para setembro. A BR Distribuidora (BRDT3) e a Taesa (TAEE11) deixaram a seleção, para a entrada da Alupar (ALUP11) e Vale (VALE3).

Para justificar a escolha da Alupar, Renato Chanes, o estrategista que assina o relatório de recomendações, observa que o setor de energia sempre foi um dos mais defensivos da Bolsa. Além disso, o segmento de transmissão de energia supera, em resiliência, os segmentos de geração e de distribuição.

Tratando especificamente da empresa, o Santander destaca os aumentos da geração de caixa e do pagamento de dividendos da Alupar, e o crescimento por meio de fusões, aquisições e novos projetos.

Dinheiro na mão

No caso da Vale, há a possibilidade concreta de distribuição de dividendos em setembro, com base nos resultados apurados no primeiro semestre. O aval já foi dado pelo conselho de administração, mas a companhia ainda não informou o montante que pagará, nem a data.

A retomada da economia chinesa, após o pico da pandemia de coronavírus, e o aumento do preço do minério de ferro completam os motivos para a Vale estar na carteira de dividendos do Santander.

O portfólio, contudo, não anda bem. Em agosto, a carteira perdeu 5,12%, contra uma baixa de 2,48% do Ibovespa. No acumulado do ano, a diferença é ainda maior: -26,87% a -14,47%, respectivamente.

Veja as oito ações indicadas pelo Santander para quem busca dividendos em setembro.

Empresa Código Peso (%)
Alupar ALUP11 16
BB Seguridade BBSE3 10
CPFL Energia CPFE3 14
Cyrela CYRE3 10
Engie Brasil EGIE3 12
Itaúsa ITSA4 12
Vale VALE3 10
Vivo VIVT4 16
Total 100

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 02/09/2020 - 15:08