Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

São Paulo autua dez estabelecimentos em primeira noite de toque de restrição

27/02/2021 - 15:02
(Imagem: Facebook/Governo do Estado de São Paulo)

A Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo autuou, na noite de ontem (26) e madrugada de hoje (27), dez estabelecimentos que descumpriram as novas normas de circulação definidas pelo governo estadual para combate à pandemia de covid-19. Está proibida a circulação em todo o estado das 23h até às 5h até o dia 14 de março.

“Nossas ações visam sobretudo a mudança de comportamento e o respeito às normas sanitárias para proteção coletiva, e não miram a punição, embora isto possa ser realizado se a lei for descumprida. Estes bares estavam abertos após o horário permitido e mantendo o atendimento presencial. Encontramos aglomerações e dezenas de pessoas sem máscaras, então, agimos para evitar que este tipo de situação se repita”, explicou a diretora do Centro de Vigilância Sanitária estadual, Cristina Megid.

A restrição de circulação se aplica a qualquer atividade não essencial e qualquer aglomeração em espaços coletivos, como estabelecimentos comerciais, bares, baladas, restaurantes, dentro dos critérios já estabelecidos pelo Plano São Paulo.

Segundo o governo estadual, além das blitzes programadas, as fiscalizações também podem acontecer através de denúncias, 24 horas por dia, pelo telefone 0800 771 3541 ou e-mail [email protected]. O descumprimento das regras sujeita os estabelecimentos a autuações com base no Código Sanitário, que prevê multa de até R$ 290 mil. Pela falta do uso de máscara, que é obrigatória, a multa é de R$ 5.278 por estabelecimento, por infrator.

Como investir no mercado de US$ 250 bilhões? Fundo de Carbono dá a chance de apostar no setor que segue tendência de alta

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Rafael Borges - 27/02/2021 - 15:02

Pela Web