Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Shoppings mandam bem e registram melhor desempenho desde 2014, diz Abrasce

30/01/2020 - 19:03
Shopping
Setor apresenta melhor desempenho em cinco anos (Imagem: Agência Brasil/Valter Campanato)

“Estes números demonstram a pujança do setor, que apresentou em 2019 o seu melhor desempenho desde uma das piores crises econômicas do país”.

A afirmação é de Glauco Humai, presidente da Abrasce, e evidencia o melhor desempenho dos shoppings em cinco anos.

Em meio a retomada econômica corrente, o setor de shopping centers apresentou o melhor resultado desde 2014, de acordo com dados da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers) divulgados nesta quinta-feira (30).

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Como resultado, o faturamento do setor totalizou R$ 192,8 bilhões – aumento de 7,9% em relação ao ano passado.

Centro de convivência

“Em 2019, os shoppings superaram as expectativas de 7%, a partir de uma perspectiva de crescimento do PIB de 2,5%”, aponta Humai. “No entanto, o resultado apresentado pelo setor superou nossas expectativas, mesmo diante de um crescimento do PIB que deverá ficar em torno de 1%”, completa.

Dentre os fatores que justificam o bom desempenho, o presidente da Abrasce ressalta os seguintes pontos: inflação controlada, expansão do crédito, recuperação, ainda que tímida, do mercado de trabalho e algumas medidas de política econômica (liberação dos saques do FGTS, por exemplo).

“Além disso, o setor apresenta um alto grau de inovação, buscando se adequar rapidamente às mudanças percebidas no comportamento do consumidor, ou seja, além de compras, tornaram-se centros de lazer, convivência e conveniência”, aponta Humai.

Segmento se apresenta como centro de convivência (Imagem: Usnplash/@yan_slg)

Novos empreendimentos

Em adição, o lançamento de novos empreendimentos no setor corroborou para a expansão nas vendas.

“Os investimentos em promoção e marketing foram determinantes para aumentar o fluxo de visitantes e as vendas em datas comemorativas. Somam-se a esses fatores os onze novos empreendimentos inaugurados ano passado, fundamentais para atingirmos este resultado que consideramos bastante expressivo”, diz o presidente da Abrasce.

Em 2020, 19 novos empreendimentos serão lançados em todo o país, sendo 7 no Nordeste, 5 no Sudeste, 4 no Sul e 3 no Centro-Oeste.

shopping
Expansão de shoppings continua a todo vapor (Imagem: Unsplash/@ashenkris)

Dos existentes, 6% dos shoppings já estão em expansão e 10% pretendem expandir neste ano.

Resiliência

“A ABL (Área Bruta Locável) dos empreendimentos teve um crescimento de 2,7% em comparação com 2018, chegando a um total de 16.757.937m² nos 577 shoppings do Brasil”, explica Humai.

“Estes números demonstram a pujança do setor, que apresentou em 2019 o seu melhor desempenho desde uma das piores crises econômicas do país”, complementa o presidente da Abrasce.

Evidenciando a resiliência deste segmento, o número de empregos cresceu 1,6% em 2019, seguindo a tendência de aumento desde de 2012, totalizando 1.102.171 de vagas diretas.

Crescimento da Área Bruta Locável é destacado pela associação (Imagem: Shopping Penha)

Complexos

O número de lojas aumentou 0,6% comparado ao ano anterior, passando de 104.928 para 105.592. Na média, cada shopping possui 184 lojas.

Além de ser um centro de consumo, os shoppings centers aparecem como complexos integrados.

Entre os empreendimentos interligados aos shoppings estão: condomínio empresarial (68%), centro médico e/ou laboratório (37%), hotel (35%), faculdades/universidades (28%), condomínio residencial (22%), e outros (15%).

Por fim, o número das salas mantiveram o ritmo de crescimento, com aumento de 2,3%. O volume passou de 2.836 em 2018 para 2.900 em 2019.

Leia mais sobre: Abrasce, Economia, Shoppings

Última atualização por Valter Outeiro da Silveira - 30/01/2020 - 19:06