Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Simpar começa ano em ritmo forte, e analistas veem espaço para ação subir 27%

08/05/2021 - 14:09
JSL JSLG3
No caminho: ajudada por JSL e outras subsidiárias, Simpar apresentou balanço sólido no primeiro trimestre (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

A Simpar (SIMH3) apresentou um balanço sólido no primeiro trimestre, sustentado pelo bom desempenho de suas controladas. Segundo a XP Investimentos, o lucro líquido ajustado aos acionistas majoritários de R$ 126 milhões ficou 15% acima de suas estimativas, e 9% além do consenso do mercado.

Entre os pontos positivos, Pedro Bruno e Lucas Laghi, que assinam o comentário da gestora, destacam o alongamento do perfil da dívida de 4,3 anos, em dezembro, para 8,4 anos em março, devido à emissão de US$ 625 milhões em títulos de dívidas atrelados a metas de sustentabilidade.

A dupla também observa que o custo total da dívida da Simpar melhorou, ao baixar de 7,75% ao ano para 5,2%. O alongamento da dívida a menores taxas permitirá que “o caixa atual seja suficiente para cobrir as obrigações de dívidas até 2024”, afirma a XP.

“Apoiado por fundamentos sólidos para suas subsidiárias e um desconto de holding excessivo de ~30%, reiteramos nossa recomendação de Compra e preço-alvo de R$59,00/ação”, resumem os analistas. A cifra embute uma alta potencial de 27%.

Diluição de custos

O Banco Safra também gostou dos números da Simpar. Luiz Peçanha, que assina o relatório da instituição, considerou os resultados “um forte início para 2021, com perspectivas positivas”. O analista acrescenta que o aumento de receitas das subsidiárias traz outra vantagem – a diluição de custos e despesas, o que amplia “significativamente” o resultado operacional.

“A fim de incorporar essas melhoras, bem como aquisições recentes e mudanças na estrutura da companhia, colocamos nossas estimativas em revisão”, explica o Safra.

A Simpar é a holding que controla a JSL Logística (JSLG3), Vamos (VAMO3), Movida (MOVI3) e CS Brasil.

Resultados

O lucro líquido da Simpar alcançou os R$ 203 milhões no primeiro trimestre, alta de 145% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo divulgou na quinta-feira (6).

Já a receita líquida subiu 11,2%, atingindo R$ 2,6 bilhões. O Ebitda, que mede o resultado operacional, ajustado somou R$ 525 milhões, elevação de 83,6%.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 08/05/2021 - 14:09

Pela Web