Soja avança em Chicago; milho permanece sem mudanças

20/01/2022 - 20:33
Soja, Alimentos, Agricultura
Na bolsa de Chicago, a soja para março avançou 34,50 centavos de dólar para fechar a 14,2575 dólares (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Os contratos futuros de soja em Chicago subiram nesta quinta-feira, com uma combinação de crescente esperança no lado da exportação, preocupações com a safra sul-americana e compras técnicas empurrando os preços para uma máxima de sete meses, disseram traders.

Os futuros do milho fecharam quase inalterados após flutuarem entre território positivo e negativo ao longo da sessão, enquanto os futuros do trigo cederam após uma forte alta nos últimos dois dias.

O contrato de soja mais ativo fechou em alta de 2,5% após ganhar 2,2% na quarta-feira.

“A combinação de boa demanda de processamento com forte demanda por soja dos EUA no Golfo (do México) tem os dois componentes de demanda competindo pela soja à vista”, disse Tomm Pfitzenmaier, analista da Summit Commodity Brokerage em Iowa, em nota.

Na bolsa de Chicago, a soja para março avançou 34,50 centavos de dólar para fechar a 14,2575 dólares.

De forma contínua, o contrato mais ativo atingiu seu maior preço desde 17 de junho.

O milho para março fechou em alta de 0,50 centavo de dólar a 6,11 dólares o bushel, enquanto o trigo soft vermelho de inverno para março caiu 6,25 centavos de dólar a 7,9025 dólares o bushel.

Última atualização por André Luiz - 20/01/2022 - 20:33

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto