Soja avança pelo segundo dia em Chicago após relatório de condições da safra dos EUA

27/07/2021 - 18:06
Soja
O contrato mais ativo da soja fechou em alta de 1,75 centavo de dólar, a 13,5950 dólares por bushel (Imagem: REUTERS/Jorge Adorno)

A soja negociada em Chicago avançou pela segunda sessão consecutiva nesta terça-feira, depois que um relatório semanal do governo dos Estados Unidos mostrou que as condições da safra do país se deterioraram inesperadamente na última semana.

Milho e trigo recuaram com traders realizando lucros, após os preços aumentarem na sessão.

“Houve realização de lucros que empurrou o mercado (de milho e trigo) para baixo, depois de subir durante o overnight”, disse Brian Hoops, analista de mercado sênior da Midwest Market Solutions.

O contrato mais ativo da soja fechou em alta de 1,75 centavo de dólar, a 13,5950 dólares por bushel.

O milho recuou 0,5 centavo de dólar, para 5,4625 dólares por bushel.

O trigo fechou em queda de 2,5 cents, em 6,7450 dólares por bushel, recuando pela quarta sessão consecutiva.

As safras do milho e soja dos EUA se deterioraram na última semana diante da seca em áreas produtores no oeste do Rio Mississippi, disse o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) na segunda-feira.

O USDA afirmou que as avaliações de bom a excelente para o milho recuaram 1 ponto percentual, para 64% na semana encerrada em 25 de julho, abaixo das expectativas do mercado.

A safra de soja foi avaliada em 58% de bom a excelente, 2 pontos percentuais abaixo da semana anterior e atrás das projeções do mercado.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por André Luiz - 27/07/2021 - 18:06

Cotações Crypto
Pela Web