Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

SP inicia nesta quarta-feira vacinação de pessoas de 50 a 59 anos sem comorbidades

13/06/2021 - 14:34
Vacinas
Já adultos sem comorbidades com idades entre 43 e 49 anos serão vacinados a partir do dia 23 de junho (Imagem: Rovana Rosa/Agência Brasil)

O governo do estado de São Paulo adiantou em 30 dias o calendário de vacinação contra a covid-19 e pretende agora vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro.

O anúncio foi feito hoje (13), durante entrevista coletiva convocada pelo governador João Dória.

Segundo o novo calendário, adultos sem comorbidades com idades entre 50 e 59 anos serão vacinados a partir do dia 16 de junho.

Esse público é formado por cerca de 3 milhões de pessoas.

Já adultos sem comorbidades com idades entre 43 e 49 anos serão vacinados a partir do dia 23 de junho.

A expectativa do governo paulista é vacinar cerca de 3 milhões de pessoas dessa faixa etária.

Pessoas com idade entre 40 e 42 anos serão vacinadas a partir do dia 30 de junho. Esse público corresponde a cerca de 1,45 milhão de pessoas.

João Doria
O anúncio foi feito hoje (13), durante entrevista coletiva convocada pelo governador João Dória (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Além desses grupos, o governo divulgou que pretende vacinar pessoas com idades entre 35 e 39 anos a partir do dia 15 de julho; pessoas entre 30 a 34 anos a partir de 30 de julho e pessoas entre 25 e 29 anos a partir do dia 16 de agosto.

O último grupo a ser vacinado será o das pessoas com idades entre 18 e 24 anos, a partir do dia 1° de setembro.

O novo calendário foi planejado com base na programação de entrega de vacinas prevista pelo Programa Nacional de Imunizações, anunciado pelo Ministério da Saúde.

Vacinação/Calendário
(Imagem: Governo de São Paulo)

Segunda dose

O governo paulista alerta que a vacinação contra a covid-19 é feita atualmente com duas doses de vacina. Por isso, ele pede para que as mais de 400 mil pessoas que ainda não tomaram a segunda dose no estado, procurem um posto de saúde para completar o seu esquema vacinal.

“Fica aqui nossa solicitação para que as pessoas que não retornaram e não tomaram a segunda dose, o façam independente do tempo que tomaram a primeira dose”, disse Regiane de Paula, coordenadora do Programa Estadual de Vacinação de São Paulo.

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Bruno Andrade - 13/06/2021 - 15:57

Pela Web