Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Status de porto seguro do iene é pressionado à medida que economia japonesa tropeça

20/02/2020 - 11:26
Coronavírus Máscaras Saúde Mercados Ásia
A moeda do Japão caiu para uma mínima de nove meses em relação ao dólar (Imagem: Reuters/Yuya Shino)

O status de porto seguro do iene está sendo pressionado à medida que aumenta o desconforto com o crescente número de casos de coronavírus no Japão, no contexto de uma economia doméstica que vacila.

A moeda do Japão caiu para uma mínima de nove meses em relação ao dólar e enfrentou uma enxurrada de vendas contra outras moedas na quarta-feira, no que operadores e analistas dizem indicar uma fuga de investidores de grandes portfólios dos mercados de iene.

Isso contraria a suposição de longa data de que os fundos japoneses repatriariam seu dinheiro durante uma verdadeira crise global, impulsionando o iene.

“Você vê alguma preocupação em potencial com a situação do vírus no mercado de ouro … e não vê os mesmos movimentos no iene”, disse Shafali Sachdev, chefe de operações cambiais da Ásia no BNP Paribas Wealth Management.

“A proximidade da China e a dependência da China nessa situação atual não ajudaram o iene como ativo de aversão a risco”, disse ela, acrescentando que a exposição do Japão ao surto de vírus e os recentes dados econômicos fracos exacerbaram as preocupações.

O iene foi cotado a 111,36 por dólar nesta quinta-feira após declínio de 1,3% na quarta-feira, sua maior queda diária em cinco meses.

A moeda do Japão também sofria grandes perdas contra o euro, a libra e o dólar australiano. Ao mesmo tempo, o ouro, que normalmente se move em conjunto com o iene, subia 0,6%.

Analistas foram rápidos em definir que a mudança se deve à saída de ativos denominados em ienes – provavelmente pelos gigantescos fundos de pensão do governo do Japão – em meio a preocupações com sua economia e a disseminação do coronavírus.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 20/02/2020 - 11:26