Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

SulAmérica e Porto Seguro devem ser os principais beneficiados pela recuperação do setor de seguros, diz XP

17/09/2020 - 14:18
Coronavírus São Paulo
Além disso, a sinistralidade baixou de 55,1% para 48,7%, puxado pela queda de acidentes e roubos de caros em função do isolamento social (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

Dados da Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNSeg) trazem um cenário animador para o setor de seguros: as receitas de agosto cresceram 14% em relação a junho e 52% em relação a maio para R$ 27 bilhões, retomando o nível pré-pandemia.

Além disso, a sinistralidade baixou de 55,1% para 48,7%, puxado pela queda de acidentes e roubos de carros em função do isolamento social. No setor de saúde, caiu o número de pessoas que utilizaram os convênios médicos.

“Nossa visão é positiva, pois os dados servem para amenizar a maior preocupação de curto prazo no setor, que era o crescimento das receitas. Receitas do segmento de seguros tem correlação forte com o crescimento econômico e, por consequência, sofreu na pandemia”, afirma a XP Investimentos em relatório enviado a clientes nesta quinta-feira (17).

“Destacamos que, dentro da nossa cobertura, os principais beneficiados devem ser SulAmerica e Porto Seguro”, conclui a corretora (Imagem: Money Times/Vitória Fernandes)

A corretora também espera que o bom desempenho siga no terceiro trimestre, com a melhora nas receitas e uma sinistralidade ainda abaixo do normal. Se repetir o volume de prêmios de julho (R$ 26,6 bilhões), a previsão é que ocorra estabilidade na taxa anualizada, que pode ficar em cerca de 4% em agosto, afirma a CNseg.

“Destacamos que, dentro da nossa cobertura, os principais beneficiados devem ser SulAmerica (SULA11) e Porto Seguro (PSSA3)”, conclui a corretora.

BB Seguridade e Porto Seguro começaram bem o 3º trimestre

Esse não foi o único dado positivo para o setor. De acordo com o BTG Pactual (BPAC11), os números de julho divulgados pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) indicam um período de crescimento para a BB Seguridade (BBSE3) e a própria Porto Seguro.

Quase todos os negócios da BB Seguridade avançaram em receitas no comparativo anual em julho ante os meses anteriores. Segundo o BTG, os dados do mês mostraram que o lucro da companhia atingiu R$ 396 milhões.

“Se multiplicarmos o lucro de julho em três vezes, chegamos a ganhos de R$ 1,2 bilhão no terceiro trimestre, o que superaria em 24% nossas estimativas para o trimestre”, comentaram Eduardo Rosman e Thomas Peredo.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 17/09/2020 - 14:23