Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Susep deixa de regular atividade de corretor de seguros

12/11/2019 - 17:19
Com a medida, os corretores de seguros não estão mais sujeitos à habilitação e ao recadastramento, antes realizados pela Susep, o que representa menos custos para as duas partes

Por Arena do Pavini

Com o objetivo de gerar mais eficiência à gestão pública e concentrar esforços em atividades que demandem regulação específica, a Superintendência de Seguros Privados (Susep) informou hoje que, por meio de Medida Provisória expedida pela Presidência da República, deixou de regular a categoria de corretores de seguros.

Segundo a Susep, a categoria deverá criar mecanismos para se autorregular, pois está madura para atuar em um ambiente mais flexível, sem a presença do regulador, assim como acontece em diversos outros setores da economia. A autorregulação trará mais eficiência e mais liberdade ao setor de seguros, diz a Susep.

Com a medida, os corretores de seguros não estão mais sujeitos à habilitação e ao recadastramento, antes realizados pela Susep, o que representa menos custos para as duas partes.

Espera-se que a legalização das apostas esportivas seja muito significativa aos impostos

Nos últimos anos, com a limitação nos gastos públicos e cortes orçamentários frequentes, a Susep tem buscado aumentar a sua eficiência regulatória. “A autorregulação dos corretores aparece como uma opção viável dentro deste processo”, diz o órgão.

Hoje, os corretores representam cerca de cem mil registros, entre pessoas físicas e jurídicas.

“Entende-se que o desenvolvimento do setor será mais promissor se for permitido que a própria categoria se organize em torno da atividade de autorregulação, estabelecendo procedimentos próprios”, diz a Susep.

A autorregulação, diz o órgão, é um pleito antigo da categoria de corretores e a medida trará benefícios aos próprios profissionais e ao mercado de forma geral, beneficiando, em última instância, os consumidores de seguros.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 12/11/2019 - 17:20

Pela Web